21 de Janeiro de 2019 | Quinzenário Regional | Diário Online
PUBLICIDADE

“Pombal tem um percurso notável em matéria de educação”

7 de Janeiro 2019

A delegada Regional do Centro da Direcção Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGEstE), Cristina Oliveira, realçou que “Pombal tem um percurso notável em matéria de educação”, evidenciando “não só os equipamentos”, mas também “todo um conjunto de projectos” que têm sido alvo de “reconhecimento pela tutela”. O “belíssimo Centro Escolar de Meirinhas”, que foi inaugurado na tarde do passado sábado (5), é disso exemplo. A nova escola, que representou um investimento de 1,56 milhões de euros suportada exclusivamente pelo orçamento da Câmara Municipal, vai concentrar num único edifício o pré-escolar e o primeiro ciclo de ensino básico da freguesia.

“Dos 77 municípios que compõem a região Centro, o Município de Pombal é certamente o mais dinâmico, mais preparado e que mais tem demonstrado a sua capacidade em gerir a educação”, afirmou Cristina Oliveira, adiantando que “a Câmara Municipal está de parabéns pela qualidade que tem colocado na qualidade dos seus estabelecimentos escolares” e não só.

“Há outro aspecto muito mais importante que construir escolas novas”, considera a delegada regional da DGEstE, referindo-se a “todo um conjunto de projectos e toda a visão do Município de Pombal” no sector da educação, que “permitem aos  jovens as melhores oportunidades”. “A minha presença aqui é também o reconhecimento” dos projectos municipais de promoção do sucesso escolar, que “são reconhecidos superiormente pela tutela” com “uma grande qualidade técnica” e “certamente com benefício para as crianças do concelho”.

“Já não chega o novo edifício da escola, o que hoje procuramos e precisamos são soluções e ambições de outro teor, melhorando os resultados do processo educativo”, concordou o presidente da Câmara Municipal, sublinhando que “a educação assumiu um lugar prioritário da nossa intervenção sob ponto de vista quantitativo, mas principalmente sob o ponto de vista qualitativo”.

Para Diogo Mateus, “hoje são justamente reclamadas novas respostas e soluções para a educação”, razão pela qual “temos vindo a implementar vários projectos piloto a nível nacional com destaque para o Programa Municipal de Potenciação do Sucesso Escolar”. No seguimento desta política, em 2019 “iniciaremos o anunciado plano de programação robótica, apoiando as escolas no plano de literacia digital”. Além disso, também “privilegiaremos a aposta na beneficiação de equipamentos de recreio, valorizando os espaços com jogos criativos”, com o intuito de dar “novo impulso na importância de brincar nos recreios”.

“Não faremos depender a prioridade que conferimos à educação de fundos comunitários nem da prioridade que o Governo lhe queira dar”, assegurou o autarca, salientando que “a solução para muitos dos problemas na área da educação” depende dos “municípios portugueses em cooperação com os estabelecimentos de ensino obrigatório”. O Centro Escolar de Meirinhas é também exemplo disso ou não fosse esta uma obra “edificada sem apoios comunitários e suportada exclusivamente pelo orçamento da Câmara Municipal”.

“Meirinhas está orgulhosa deste equipamento” que permite manter “muita esperança num ensino cada vez melhor em linha do que tem sido a prática” nas escolas da freguesia, afirmou o presidente da Junta, solicitando a colaboração da directora regional da DGEstE para “manter em Meirinhas o ensino da pré-primária até ao 12.º ano de escolaridade”.

Segundo Virgílio Lopes, “Meirinhas é hoje das localidades com mais crescimento populacional”, fruto “da nossa dinâmica empresarial e das condições de atractividade que a comunidade vai criando”. “Mas este crescimento levanta-nos problemas para os quais ainda não temos resposta”, lamentou, sugerindo “uma utilização para a antiga escola primária que permita a criação de um espaço aberto e disponível à comunidade”. Assim, defende a “beneficiação do edifício permitindo a instalação da sede da junta, do posto dos Correios e do Centro de Saúde”, bem como de “um parque infantil, uma zona de jogar e brincar”. “Estou certo que assim vamos responder melhor aos desafios actuais e futuros”, concluiu Virgílio Lopes.

CARINA GONÇALVES


  • Director: Lino Vinhal
  • Director-Adjunto: Luís Carlos Melo

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Armazém D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Site optimizado para as versões do Internet Explorer iguais ou superiores a 9, Google Chrome e Firefox

Powered by DIGITAL RM