26 de Agosto de 2019 | Quinzenário Regional | Diário Online
PUBLICIDADE

Operação “Moto” da GNR vai fiscalizar veículos de duas rodas até domingo (7)

4 de Julho 2019

A Guarda Nacional Republicana (GNR) vai realizar entre hoje e domingo (7) a operação “Moto” de sensibilização e fiscalização rodoviária à condução de motociclos e ciclomotores nas vias com maior intensidade de tráfego, anunciou aquela força.

Em comunicado, a GNR adianta que até dia 7 de Julho os militares dos Comandos Territoriais e da Unidade Nacional de Trânsito vão estar “atentos ao uso do capacete, às manobras perigosas, excessos de Velocidade, não utilização de equipamentos de protecção e estado dos pneumáticos, sistemas de iluminação e matrícula.

Os militares vão fiscalizar também a condução sem habilitação legal e condução sob o efeito do álcool e de substâncias psicotrópicas.

Além da fiscalização, a GNR vai também realizar acções de sensibilização dirigidas aos condutores de motociclos e ciclomotores, aconselhando o uso do capacete, vestuário de protecção resistente e material retrorreflector, a obrigação de circular sempre com os médios acesos, para ser visto, não circular entre filas de veículos e adequar a velocidade ao estado do piso e garantir as distâncias de segurança.

Na nota, a GNR destaca que a operação “Moto” visa inverter a tendência de aumento da sinistralidade e de contribuir para um ambiente rodoviário mais seguro.

De acordo com a nota, a GNR detectou no primeiro semestre deste ano em acções de sensibilização e fiscalização 401 condutores de motociclos ou de ciclomotores que não usavam capacete e foram detidos outros 536 por não possuírem habilitação legal para conduzir.

Os dados da GNR de 2017 e 2018 indicam que 1.000 pessoas ficaram gravemente afectadas ou perderam a vida em acidentes de viação com veículos de duas rodas, sendo que os meses de Abril a Setembro representam cerca de 67% da sinistralidade grave com este tipo de utentes.

A GNR lembra que os condutores de veículos de duas rodas a motor constituem um grupo de risco pelo facto de as consequências dos acidentes serem normalmente graves, tendo em conta a menor capacidade de protecção em caso de colisão ou despiste.

No âmbito da prevenção, a GNR tem desenvolvido acções de sensibilização teórico-prática de técnicas de condução defensiva para motociclistas, ministrada por militares especialistas em segurança rodoviária e em condução defensiva de veículos motorizados de duas rodas, da Escola da Guarda e da Unidade Nacional de Trânsito.

Esta acção, esclarece a guarda, tem uma componente teórica, que abrangeu temas como a posição de condução, segurança activa e passiva, travagem de emergência e trajectórias de segurança, bem como uma componente para colocar em prática os ensinamentos de segurança rodoviária e de perícia de condução.

Este tipo de acções contou, até ao momento, com a participação de cerca de 721 condutores de motociclos e ciclomotores, de todo o país, estando programada uma série de outras acções visando alcançar os mais de 1.000 condutores inscritos.


  • Director: Lino Vinhal
  • Director-Adjunto: Luís Carlos Melo

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Armazém D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Site optimizado para as versões do Internet Explorer iguais ou superiores a 9, Google Chrome e Firefox

Powered by DIGITAL RM

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com