17 de Julho de 2024 | Quinzenário Regional | Diário Online
PUBLICIDADE

Alvaiázere a caminho de ser ‘destino sustentável’

5 de Julho 2024

O selo de destino sustentável vai chegar a Alvaiázere até ao final deste ano, graças à bem encaminhada certificação internacional Biosphere, que surge no âmbito do projecto ‘Sicó Outdoor Center’ dinamizado em parceria com a Câmara de Ansião.

“Alvaiázere está muitíssimo bem posicionado para a certificação. Tem uma visão estratégica para o território muito articulada e muito pensada também para o exterior. Não está fechada em si, tem muito a preocupação de terem projectos e parcerias, de perceberem o que é bom e igualmente podem implementar, e do que fazem bem e disseminá-lo”, elogia ao TERRAS DE SICÓ Ana Henriques, gestora de projectos na Biosphere Portugal.

Dos 69 critérios de sustentabilidade a que o referencial Biosphere obedece para a certificação, “ainda sem qualquer plano de acção, Alvaiázere já cumpre 61, que trabalha muito bem, pelo que tem apenas de evidenciar mais oito. Mas aceitou ser desafiado por nós para mais 39 acções, o que permite uma margem de manobra e análise maiores”, enaltece.

Com o processo – que arrancou em meados de Fevereiro – bem encaminhado a Certificação do Destino, pelo Instituto de Turismo Responsável, deverá chegar até ao final deste ano, estendendo-se o plano de acção por três anos.

“Tentamos deixar um plano que seja o mais rico possível para que o Município de acordo com a realidade que vai tendo a cada ano consiga perceber o que é mais estratégico e qual a área que pode apostar”, refere Ana Henriques.

Economia e Governança (18 critérios), Sociedade e Cultura (25) e Ambiente e Alterações Climáticas (26) são as três áreas de acção da sustentabilidade.

O Município de Alvaiázere afirma-se empenhado em oferecer experiências turísticas que não só de satisfaçam aos visitantes, mas também aumentem a consciência sobre questões de sustentabilidade.

“Considero que a certificação de sustentabilidade poderá trazer grandes mais-valias e potenciar o território de Alvaiázere. Será um garante de qualidade a atracção de pessoas, sendo que o sucesso da mesma terá obrigatoriamente que passar por uma perspectiva de envolvência e alinhamento do território, dos seus agentes e das suas pessoas”, salientou o presidente da Câmara, João Paulo Guerreiro.

Ana Henriques não tem dúvidas de que um território certificado atrai mais turistas, “traz mais-valias”. “A partir do momento em que começam a integrar estes processos de certificação, fazem logo parte desta comunidade Biosphere, que é internacional, e isso dá-lhes visibilidade e uma projecção também maior. Por outro lado, como muitos dos turistas já procuram destinos que tenham essa preocupação com a sustentabilidade também lhes traz um garante de que estes destinos cumprem com medidas de responsabilidade social e ambiental”, salienta a gestora de projectos.

O plano de acção da sustentabilidade para os próximos três anos foi apresentado publicamente a 13 de Junho, na sessão comemorativa do Dia do Concelho.

LUÍS CARLOS MELO

[NOTÍCIA DA EDIÇÃO IMPRESSA]

 


  • Director: Lino Vinhal
  • Director-Adjunto: Luís Carlos Melo

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Armazém D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Site optimizado para as versões do Internet Explorer iguais ou superiores a 9, Google Chrome e Firefox

Powered by DIGITAL RM