13 de Junho de 2024 | Quinzenário Regional | Diário Online
PUBLICIDADE

Projecto junta Alvaiázere e Ansião para potenciar desportos ao ar livre

20 de Maio 2024

As câmaras de Alvaiázere e Ansião estão a desenvolver o projecto “Sicó Outdoor Center”, para potenciar os desportos ao ar livre e fazer com que os visitantes fiquem mais dias nos dois concelhos, foi hoje anunciado.

“A ideia é potenciar os desportos ao ar livre”, disse o presidente da Câmara de Alvaiázere, João Paulo Guerreiro, adiantando que a parceria entre os dois municípios “surgiu na sequência da tragédia dos incêndios de 2022” e que mostra “um bocadinho da resiliência, da força de vontade dos dois municípios em ultrapassar esse mau momento”.

Da união de esforços entre Alvaiázere e Ansião surgiu uma candidatura ao Turismo de Portugal, que financia em 90 por cento o projecto, denominado “Sicó Outdoor Center”, hoje apresentado em Pousaflores (Ansião), e superior a 800 mil euros.

“[O projecto] visa criar numa zona comum entre os dois municípios, num território comum com características idênticas, um centro de desportos ‘outdoor’”, explicou João Paulo Guerreiro.

A “melhoria significativa” nos circuitos de caminhada, incluindo os Caminhos da Fé, trail e ciclismo estão entre as acções previstas.

“Vamos requalificar, vamos reabilitar, vamos dar mais qualidade e mais segurança a estas infra-estruturas”, assegurou, referindo que o centro de acolhimento no concelho vai ser o parque de campismo, cuja capacidade de recepção vai ser melhorada.

Já na intervenção no Museu Municipal está contemplada, por exemplo, a inclusão de um simulador de parapente, actividade que vai ser uma das principais apostas do concelho.

“Alvaiázere tem condições únicas para a realização deste desporto”, considerou o presidente da Câmara, esclarecendo que vão ser requalificadas as pistas para descolagem e aterragem.

Adiantando que o projecto é complementado com introdução de tecnologia, João Paulo Guerreiro assegurou que o “Sicó Outdoor Center” vai dar a estes territórios, que “têm a natureza como ex-líbris, uma capacidade de atracção turística, uma resiliência” e também uma “forma de vigilância, mitigação de incêndios muito mais acentuada”.

De acordo com João Paulo Guerreiro, já foram lançados alguns procedimentos para a implementação do “Sicó Outdoor Center”, sendo que o objectivo é que no início de 2025 sejam feitas “as acções de lançamento das várias valências que vão ser melhoradas através deste investimento”.

Já o presidente da Câmara de Ansião, António José Domingues, realçou que o investimento não é apenas uma mais-valia para os dois concelhos, mas para a região.

“Queremos acreditar que este projecto irá valorizar muito as nossas comunidades, no sentido de criar uma vivência diferente, para que as pessoas possam primeiro entender também o território onde vivem, as suas potencialidades e poder depois transmitir isto a quem nos possa visitar”, declarou.

Reconhecendo que este é um território de passagem, António José Domingues declarou que com o projecto se pretende fazer com que os visitantes “possam ficar alguns dias”, numa perspectiva, igualmente, de valorização do património natural e cultural.

O autarca de Ansião apontou, entre outros aspectos, que vão ser criadas, “de uma forma simbólica e imaterial, duas portas de entrada no território, uma porta em Ansião e outra porta em Alvaiázere”.

Além da valorização dos circuitos pedestres ou de ciclismo, o presidente da Câmara de Ansião realçou também a componente tecnológica, “para os visitantes interagirem com o território”, e “sempre na valorização e na defesa ambiental”.

“O projecto tem também esta componente, valorizar e dar sustentabilidade ambiental”, acrescentou António José Domingues.

Lusa


  • Director: Lino Vinhal
  • Director-Adjunto: Luís Carlos Melo

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Armazém D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Site optimizado para as versões do Internet Explorer iguais ou superiores a 9, Google Chrome e Firefox

Powered by DIGITAL RM