19 de Maio de 2024 | Quinzenário Regional | Diário Online
PUBLICIDADE

Comunidade da Região de Leiria com saldo positivo de quase 2,7 milhões de euros

24 de Abril 2024

A Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria (CIMRL) registou em 2023 um saldo positivo de quase 2,7 milhões de euros, período em que teve o melhor desempenho económico e financeiro desde a sua fundação, em 2014.

Numa nota de imprensa enviada à agência Lusa, a CIMRL explicou que em 2023 teve um saldo positivo (Ebitda, lucro antes de juros, impostos, amortizações e depreciações) de quase 2,7 milhões de euros, assinalando que no mesmo período obteve o melhor desempenho económico e financeiro desde a sua fundação, com um resultado líquido superior a dois milhões de euros e que atingiu uma autonomia financeira superior a 62%.

Já o saldo orçamental fixou-se em 3,9 milhões de euros, a aplicar no reforço de operações de mobilidade sustentável, no projecto “Leiria Smart Region” e no apoio ao desenvolvimento da Intervenção Territorial Integrada (ITI).

A contratualização da ITI com o Programa Regional do Centro (Centro 2030) representa uma dotação global de Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional de 105,7 milhões de euros, “valor que representa mais de 125 milhões de euros de investimentos em 423 projectos, a realizar nos 10 municípios da região”, referiu a comunidade.

As contas foram aprovadas na terça-feira, por unanimidade, pelos representantes dos municípios que integram a CIMRL: Alvaiázere, Ansião, Batalha, Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos, Leiria, Marinha Grande, Pedrógão Grande, Pombal e Porto de Mós.

A CIMRL adiantou que 2023 foi um ano de conclusão de um ciclo, dado tratar-se do último ano de execução do Quadro Comunitário de Apoio – Portugal 2020.

Entre as principais actividades desenvolvidas, a Comunidade Intermunicipal destacou, no domínio da mobilidade e transportes, a conclusão do concurso público internacional para operação dos serviços concessionados à Rodoviária do Lis e a implementação do serviço de transporte público de passageiros flexível e a pedido (MOBI).

Por outro lado, a CIMRL apontou a realização do I Fórum Autárquico da Região de Leiria, a continuidade de projectos de empreendedorismo e da promoção do sucesso educativo, além de ter liderado a discussão sobre a carta de perigosidade ou a criação da Unidade Local de Saúde da Região de Leiria.

Segundo a CIMRL, em 2023, deu-se também continuidade aos projectos intermunicipais no domínio do turismo e cultura, prosseguindo os objectivos do Programa de Acção para os Produtos Turístico Integrados, e, em parceria com a Associação Empresarial da Região de Leiria – Câmara de Comércio e Indústria, foi aprovada a candidatura ‘Região de Leiria Crescimento’ ao Plano de Recuperação e Resiliência, com uma dotação de 20 milhões de euros para pequenas e médias empresas.

Entre os próximos desafios estão o “Leiria Smart Region” (região inteligente), a ITI e a criação de uma nova sede, de acordo com a informação enviada à Lusa.

Passados 10 anos da criação desta Comunidade Intermunicipal, “face ao forte incremento da sua actividade, torna-se imperioso ajustar as instalações às novas exigências de apoio aos municípios”, justificou.

Lusa


  • Director: Lino Vinhal
  • Director-Adjunto: Luís Carlos Melo

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Armazém D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Site optimizado para as versões do Internet Explorer iguais ou superiores a 9, Google Chrome e Firefox

Powered by DIGITAL RM