22 de Abril de 2024 | Quinzenário Regional | Diário Online
PUBLICIDADE

Karaté celebra 40 anos de actividade em Condeixa

15 de Março 2024

Foi com um jantar comemorativo e um estágio nacional, que reuniu mais de 400 participantes, que foram assinaladas, no início deste mês, as quatro décadas de Karaté Shukokai em Condeixa.

A história da Escola de Karaté Shukokai local inicia-se em 1984, pela mão do sensei Pedro Choy, com a orientação do shihan Marcelo Azevedo e o apoio da Associação Portuguesa de Karaté Shukokai (APKS). Posteriormente, sucederam-lhe vários alunos, nomeadamente, Rui Paiva, que assumiu a responsabilidade da escola e lhe é atribuída a função de instrutor em 1988, apenas dois anos após iniciar a sua prática da modalidade.

“Pode dizer-se que a Escola de Karaté Shukokai de Condeixa é uma das escolas activas mais antigas da região Centro e que tem contribuído, ao longo dos anos, para a formação de centenas de karatecas, no qual se incluem, cerca de uma dezena de actuais ‘cintos pretos’ que actualmente leccionam autonomamente em alguns dos Dojos da APKS”, refere Rui Paiva, presidente da direcção do Condeixa Shukokai Karate-Do (CSKD) e grande impulsionador da modalidade no concelho.

A Escola de Karaté de Condeixa, CKSD, encontra-se filiada na APKS, no qual desenvolve e implementa diversos projectos que “pretendem promover, interna e externamente, os valores associados ao karaté enquanto prática desportiva, marcial e educativa, investindo, também, na formação e no crescimento dos praticantes, colaborando na concretização de objectivos e sucessos pessoais, académicos e desportivos/marciais”.

“A missão do CKSD visa não só a partilha de conhecimentos e a essência da prática de Karaté Shukokai, mas também a promoção e divulgação da actividade física, com impacto positivo no crescimento pessoal dos seus praticantes, contribuindo assim para a saúde física e mental”, reforça o dirigente.

Para além destas componentes, o CSKD tem desempenhado “um papel na área social no concelho, com diversas iniciativas que aliam a prática desportiva à acção solidária, com o objectivo de dinamizar o karaté/artes marciais como veículo de acção social, apoiando as famílias mais carenciadas e, ao mesmo tempo, formando os seus praticantes no exercício da cidadania e da ajuda ao próximo”.

Rui Paiva sustenta que o CSKD se revela um clube “pró-activo na promoção e divulgação da prática da modalidade no nosso concelho, onde assentam valores e princípios como o carácter, respeito, esforço, sinceridade e autocontrolo, dando o seu contributo na promoção de hábitos de vida saudável, no domínio da motivação e desenvolvimento da resiliência mental, fundamentais na superação de dificuldades pessoais ao longo da vida”.

Reviver memórias

Para comemorar 40 anos de karaté em Condeixa, com actividade “de forma contínua, regular e ininterrupta”, o CKSD reuniu karatecas, antigos praticantes, colegas, amigos e familiares que “acompanharam a história e o percurso desta escola” num jantar festivo realizado no passado dia 2. A iniciativa ficou marcada pelo “reviver de memórias e reencontro de gerações”, com direito a homenagens, histórias e recordações dos ‘velhos tempos’.

Integrado também no programa comemorativo decorreu, entre os passados dias 1 e 3, no pavilhão municipal de Condeixa, um estágio nacional que juntou mais de 400 karatecas de todo o país, numa organização do CKSD e da APKS.

[NOTÍCIA DA EDIÇÃO IMPRESSA]


  • Director: Lino Vinhal
  • Director-Adjunto: Luís Carlos Melo

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Armazém D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Site optimizado para as versões do Internet Explorer iguais ou superiores a 9, Google Chrome e Firefox

Powered by DIGITAL RM