18 de Abril de 2024 | Quinzenário Regional | Diário Online
PUBLICIDADE

Israelita Busway vence concurso de transportes públicos para a região de Coimbra

28 de Março 2024

A empresa Busway, subsidiária do grupo israelita Afifi, venceu o concurso para os transportes públicos rodoviários da Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra, disse hoje à agência Lusa o secretário-executivo daquela entidade.

O júri propôs a adjudicação dos três lotes de transportes rodoviários a concurso à Busway, por cerca de 40 milhões de euros (mais IVA) para cinco anos de exploração, afirmou à Lusa o secretário-executivo da Comunidade Intermunicipal (CIM) da Região de Coimbra, Jorge Brito.

O responsável realçou que o concurso “revelou-se interessante”, com “várias propostas” concorrentes e com “geometrias variáveis”, face à possibilidade de as empresas concorrerem a apenas um, a dois ou aos três lotes (o concurso anterior, lançado em 2021, tinha registado apenas uma proposta e acima do preço base definido na altura).

De acordo com Jorge Brito, a proposta vencedora do concurso apresentou valores, em média, “20% abaixo do preço-base”, recordando que o contracto, que tem uma duração de cinco anos, prevê ainda uma possibilidade de ser prolongado por mais dois anos (o preço base do procedimento, de 75 milhões de euros, foi definido com a perspectiva da duração máxima do contracto).

O secretário-executivo da CIM da Região de Coimbra esclareceu que a ponderação do vencedor tem por base uma “fórmula combinada, tendo, entre vários factores, o preço por produção quilométrica [preço por quilómetro percorrido] e idade média dos veículos” que irão operar.

Jorge Brito aclarou ainda que o valor final poderá ser ajustado, mediante a procura por este serviço de transportes, que poderá torná-lo mais ou menos deficitário.

A proposta de adjudicação, que foi apresentada na sexta-feira em reunião do Conselho Intermunicipal, passará agora por uma fase de habilitação, tendo de receber depois visto do Tribunal de Contas.

Ao ter lançado novo concurso público para os transportes públicos rodoviários em 2023, a CIM fez uma revisão dos pressupostos do concurso e uma redução da rede em cerca de um milhão de quilómetros percorridos.

A entrada em funcionamento do sistema de transporte flexível a pedido permitiu também optimizar a rede que foi a concurso.

Segundo as peças do processo que foram a concurso consultadas pela Lusa, em todos os lotes, é assegurado o serviço a Coimbra (principal destino das viagens intermunicipais), numa região com cerca de 430 mil habitantes.

Segundo as peças do processo, deverá ser assegurada uma oferta anual de 6,5 milhões de quilómetros percorridos, mais de metade para dar resposta à rede intermunicipal, 0,98 milhões de quilómetros dedicados à rede inter-regional e o restante para serviços municipais de transporte rodoviário.

A operação futura desta rede de transportes rodoviários estará integrada no bilhete intermodal que irá servir toda a região (um bilhete único que permite usar esta rede, mas também o Metro Mondego e os transportes urbanos de Coimbra).

Integram a CIM Região de Coimbra os municípios de Arganil, Cantanhede, Coimbra, Condeixa, Figueira da Foz, Góis, Lousã, Mira, Miranda do Corvo, Montemor-o-Velho, Oliveira do Hospital, Pampilhosa da Serra, Penacova, Penela, Soure, Tábua e Vila Nova de Poiares, do distrito de Coimbra, e Mealhada e Mortágua, dos distritos de Aveiro e de Viseu, respectivamente.

A Busway é uma subsidiária do grupo israelita Afifi, que ganhou em 2023, através da empresa Nativ Express, o concurso de transportes rodoviários para a Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro, tendo começado a operar no Verão daquele ano.

Lusa


  • Director: Lino Vinhal
  • Director-Adjunto: Luís Carlos Melo

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Armazém D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Site optimizado para as versões do Internet Explorer iguais ou superiores a 9, Google Chrome e Firefox

Powered by DIGITAL RM