12 de Abril de 2024 | Quinzenário Regional | Diário Online
PUBLICIDADE

Leiria: Urgência Ginecológica/Obstétrica fechada até às 09:00 de segunda-feira

16 de Novembro 2023

A urgência Ginecológica/Obstétrica do Centro Hospitalar de Leiria (CHL) está fechada até às 09:00 de segunda-feira devido à falta de médicos, situação que motiva também o encerramento da urgência Pediátrica no domingo por 24 horas.

“Informa-se que a Urgência Ginecológica/Obstétrica encontra-se encerrada entre as 09:00 de quinta-feira, dia 16 de Novembro, até às 09:00 de segunda-feira, dia 20 de Novembro, devido à falta de recursos humanos médicos”, informou o CHL numa publicação na rede social Facebook.

De acordo com a mesma publicação, o CHL recomenda às grávidas ou utentes com problemas urgentes do foro ginecológico que contactem a Linha SNS 24 (808242424), que “poderá dar todo o apoio especializado e encaminhamento para a unidade de saúde mais apropriada”.

“Em situações urgentes, as utentes poderão dirigir-se à Maternidade Dr. Bissaya Barreto ou à Maternidade Dr. Daniel de Matos”, as duas localizadas na cidade de Coimbra, referiu o CHL.

Ainda segundo o CHL, apesar desta situação, “continua a estar garantida toda a actividade assistencial e programada, pelo que o acompanhamento e os cuidados prestados às grávidas e utentes na área da Ginecologia, no âmbito da consulta externa, não serão afectados por esta contingência, estando assegurada a capacidade de resposta nestas áreas”.

O CHL salientou que os constrangimentos afectam “unicamente o funcionamento da Urgência de Ginecologia/Obstetrícia e do Bloco de Partos”.

Na mesma rede social, o CHL divulgou que a Urgência Pediátrica vai estar fechada a partir das 09:00 de domingo, dia 19, por um período de 24 horas. Este serviço reabre às 09:00 de segunda-feira, dia 20.

O CHL aconselha de novo o contacto com a Linha SNS 24 e, em caso de situações urgentes, as pessoas podem dirigir-se ao Hospital Pediátrico de Coimbra.

No sábado, a Direcção Executiva do Serviço Nacional de Saúde (SNS) revelou que mais de 30 urgências de várias especialidades iriam funcionar com limitações desde esse dia e durante uma semana, admitindo que a situação é provocada pela recusa dos médicos em fazer horas extraordinárias.

No caso de Leiria, as dificuldades de resposta na urgência ocorrem na Ginecologia/Obstetrícia, Pediatria, Cirurgia Geral e na Cardiologia (incluindo a Via Verde), segundo a Direcção Executiva.

Lusa


  • Director: Lino Vinhal
  • Director-Adjunto: Luís Carlos Melo

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Armazém D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Site optimizado para as versões do Internet Explorer iguais ou superiores a 9, Google Chrome e Firefox

Powered by DIGITAL RM