22 de Abril de 2024 | Quinzenário Regional | Diário Online
PUBLICIDADE

Soure: ‘São Mateus’ aumenta espaço da feira e promete sete dias de animação

17 de Setembro 2023

Depois de uma época de Verão onde não faltaram atracções, eis que chegamos ao nono mês do ano: Setembro. Altura em que Soure se veste de gala para receber as maiores festas do concelho, em honra do apóstolo Mateus, que, em simultâneo, representam uma das maiores peregrinações e romarias da região. Estão aí as tão aguardadas, e tradicionais, Festas de São Mateus, que englobam ainda a Feira Artesanato, Turismo, Agricultura, Comércio, Industrial de Soure (FATACIS). O certame arranca a 20 de Setembro e estende-se até a 26.º dia do mês.

Sem grandes alterações no que toca ao formato do evento, a organização, a cargo do Município de Soure, em parceria com a Associação Empresarial de Soure (AES), prepara-se para “aumentar significativamente o espaço da Feira das Freguesias, e o espaço onde vão decorrer os grandes espectáculos”, que terá “o dobro do espaço útil”, em comparação aos anos anteriores, revela o presidente da Câmara, Mário Jorge Nunes.

De acordo com o autarca, esta aposta “é um compromisso assumido politicamente por todos os vereadores, por unanimidade”, uma vez que “essa intervenção implica que, no próximo ano, tenhamos um projecto de execução, que precisa de ser concebido e aprovado, para lhe dar esta capacidade efectiva de ter o dobro da área para a realização deste tipo de eventos”.

Desta forma, “para a edição deste ano temos um recorde de área a ocupar pelas tasquinhas”, com o aumento, para 19, do número de espaços, onde, “só na feira das freguesias passamos a ter uma frente de exposição na ordem dos 160 metros”, revela o autarca, enquanto explica que esta evolução obrigou a organização a “repensar o figurino do espaço”.

E se o São Pedro assim o quiser, “porque nesta altura as condições meteorológicas mandam muito”, Mário Jorge Nunes está convencido de que “vamos bater novamente recordes de visitantes por estes dias em Soure”. Desta forma, o edil assume que “sentimos a necessidade de aumentar o espaço útil do evento, depois de no ano passado, na noite de sábado, que para nós é uma das noites de maior enchente, termos sido surpreendidos pelas cerca de 100.000 pessoas que nos visitaram”. Com “entradas gratuitas em todos os momentos do certame e com um enorme foco para a sustentabilidade”, o autarca assegura que “para este ano estamos a criar condições para acolher um número semelhante ao do ano passado”.

Cartaz diversificado

No que toca ao cartaz de espectáculos, “foi desenhado com o princípio da diversidade”, adianta Mário Jorge Nunes. Assim, “acrescentámos a quarta-feira (20), numa espécie de ‘ensaio geral’, mas com um espectáculo muito animado, a cargo de Sónia Costa, num tributo a Tina Turner, que já tínhamos agendado antes do falecimento da artista, mas que se torna ainda mais pertinente”, com um ambiente que se espera “mais caseiro”. Para a quinta-feira (21), momento em que se assinala o feriado municipal, para além da vertente mais solene, está programado “um evento de gala”, com um concerto para uma plateia sentada, a cargo dos Lucky Ducky, que este ano celebram 30 anos de carreira.

Sexta-feira (22), a noite foi projectada para um público mais jovem, onde se destaca a final do festival Metamorfose e a actuação do artista nacional Noble. E sábado (23) “é o dia forte por excelência”. Já não é a primeira vez que a organização traz até Soure artistas internacionais, desta vez são os afamados Gipsy Kings a animar o Parque dos Bacelos.

A banda tem agendada uma tourné europeia que se inicia em Outubro, em Lisboa, e “aproveitámos a oportunidade para que viesse uns dias mais cedo e iniciassem a digressão em Soure”, congratula-se o autarca.

A noite de domingo (24) fica reservada a “uma grande produção de uma banda local”. Desta forma, a Banda do Cercal convida Mimi Cat, para uma revisão de grandes temas que marcaram o Festival da Canção ao longo dos anos, com a “vantagem de que a própria Mimi Cat, que este ano representou Portugal na Eurovisão, irá interpretar alguns temas”.

Na segunda-feira (25) o programa regressa a um registo mais “popular, com a banda Némanus que toca música muito animada”, e o último dia de festividades (terça, 26) será abrilhantada pela banda Grupo Musical de Brunhós (GMB), que pertence à secção de música do Centro Cultural e Recreativo do Povo de Brunhós.

Sendo o evento “uma das formas de projectar a identidade do território”, as Festas de São Mateus acolhem as quatro feiras tradicionais: da Madeira, das Nozes, das Cebolas, Franca ou Generalista e a Feira das Freguesias, com organização da autarquia, além da FATACIS – Feira de Artesanato, Turismo, Agricultura, Comércio, Indústria de Soure, onde se espera a alocação de 200 expositores.

Com um orçamento total estimado em “cerca de 300.000 euros”, Mário Jorge Nunes revela que “infelizmente, notamos um grande peso da subida da inflação”, dando conta de que os “Gipsy Kings vão tocar em Soure por 35.000 euros, um valor muito semelhante ao praticado por outros artistas nacionais”, remata.

ANA LAURA DUARTE

[NOTÍCIA DA EDIÇÃO IMPRESSA]


  • Director: Lino Vinhal
  • Director-Adjunto: Luís Carlos Melo

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Armazém D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Site optimizado para as versões do Internet Explorer iguais ou superiores a 9, Google Chrome e Firefox

Powered by DIGITAL RM