14 de Junho de 2024 | Quinzenário Regional | Diário Online
PUBLICIDADE

Pombal: Pelariga tem centro escolar de milhão e meio de euros

15 de Setembro 2023

“A Pelariga necessitava desta obra”, assumiu o presidente da Junta de Freguesia local, Nelson Pereira, durante a inauguração do centro escolar, que se realizou no passado sábado (9). A obra representa um investimento de 1,5 milhões de euros e irá acolher, este ano lectivo, 81 crianças.

“É uma luta de vários anos. A Pelariga merecia este investimento. A freguesia tinha esta necessidade”, afirmou o autarca, visivelmente emocionado, recordando que o fecho da escola chegou a estar em cima da mesa.

“Felizmente que o antigo presidente da câmara Diogo Mateus acreditou neste desafio. A Pelaria necessitava desta obra”, reforçou a Nelson Pereira, enquanto destacava a aposta de que o seu executivo tem vindo a fazer na educação, com reflexos no aumento de aulas registado nos últimos anos, assim como o apoio monetário que a Junta de Freguesia se propõe a entregar às famílias dos alunos para a aquisição de material escolar.

Durante a inauguração do novo equipamento, Pedro Pimpão, presidente da Câmara Municipal de Pombal, aproveitou a presença do ministro da Educação, João Costa, para destacar que a autarquia se encontra à espera de financiamento do Governo para avançar com a requalificação das escolas Gualdim Pais e Marquês de Pombal.

Novo ciclo de investimentos

“Temos já projectos de intervenção preparados para requalificarmos a Escola Gualdim Pais e a Escola Marquês de Pombal, investimentos estes que rondam os oito milhões de euros e que aguardam financiamento no quadro do compromisso que o Governo assumiu connosco, no âmbito do processo de descentralização de competências”, deu nota Pedro Pimpão, enquanto frisava que já foi lançado o concurso público para a requalificação da Escola Conde Castelo Melhor, no valor de 4,5 milhões de euros.

Para Pedro Pimpão, a inauguração do novo centro escolar, localizado na Pelariga, encerra um ciclo de investimentos “superior a 30 milhões de euros”, realizado nos últimos anos, com a construção de novos edificados e na melhoria de escolas existentes, em que “hoje, todas as freguesias têm pólos escolares modernos, contribuindo para a verdadeira oportunidade de igualdade de aprendizagem, independente dos territórios de origem dos alunos”, e que avança agora para “um novo ciclo”, que representará um investimento superior a 12,5 milhões de euros.

Desta forma, o autarca considera que o novo centro escolar “foi feito a pensar nas 80 crianças que o irão frequentar, nas suas famílias, professores e no pessoal não docente”, mas também em “todas aquelas crianças e as suas famílias que possam vir a escolher a Pelariga, e o concelho de Pombal, para viver e crescer”, implementando naquela freguesia os seus projectos de vida. “É acima de tudo um investimento a pensar na comunidade e no futuro”, disse.

“Que esta escola possa ser o primeiro palco para a concretização dos seus sonhos e descoberta dos seus talentos”, desejou o autarca numa mensagem dirigida aos alunos que irão usufruir do novo equipamento.

Por seu lado, caracterizando o novo centro escolar como “um espaço magnífico”, o ministro elogiou também a “perseverança” e o envolvimento do presidente da junta no projecto. “A sua emoção é o melhor retrato do seu trabalho. Quando não nos envolvemos, não nos emocionamos”, referiu João Costa.

“Se há algo que caracteriza este município é a linha de continuidade no sector da educação. As equipas vão mudando, mas a educação mantém-se no centro das preocupações da autarquia”, afirmou o governante, durante a cerimónia onde estiveram os dois anteriores presidentes de Câmara, Narciso Mota e Diogo Mateus.

Ainda durante a sua intervenção, o ministro da Educação referiu-se à descentralização de competências como um processo com “evidências à vista”, salientando que, num espírito de respeito e confiança, as câmaras municipais e as juntas de freguesias “fazem melhor”, até porque “a proximidade ajuda”. “É muito bom dizer que esta foi uma descentralização de sucesso”, disse, porém reconhecendo que “existem sempre melhorias a fazer”.

ANA LAURA DUARTE

[NOTÍCIA DA EDIÇÃO IMPRESSA]


  • Director: Lino Vinhal
  • Director-Adjunto: Luís Carlos Melo

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Armazém D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Site optimizado para as versões do Internet Explorer iguais ou superiores a 9, Google Chrome e Firefox

Powered by DIGITAL RM