14 de Junho de 2024 | Quinzenário Regional | Diário Online
PUBLICIDADE

Pombal: Ti Milha recebe festivaleiros com “atmosfera acolhedora e íntima” de 21 a 23 de Julho

8 de Julho 2023

Bateu Matou, Iolanda, José Pinhal Post-Mortem Experience, Sons do Bracejo, The Ema Thomas, Dj Phil, e Thelma e Louis são algumas das principais atracções da sexta edição do festival de Verão mais acarinhado do concelho de Pombal: o Ti Milha.

Entre 21 e 23 de Julho todos os caminhos vão dar ao Parque de Merendas da Ilha, na União de Freguesias de Freguesia de Guia, Ilha e Mata Mourisca, para um evento onde a “atmosfera acolhedora e íntima”, é uma das características que atrai “muitos festivaleiros à procura de uma experiência distinta”.

Para além da música, há muito para ver e fazer, como explica Wilson Capitão, programador do festival, organizado pela Associação Recreativa, Cultural e de Promoção Social (ARCUPS). “Este ano trazemos diversas inovações: Teremos a influencer Sofia Manuel, também conhecida como ‘A Tripeirinha’, que nos irá mostrar como cuidar das nossas plantas, e Cristiana Viana, uma artista de tatuagens talentosa, estará presente para tatuar durante as tardes de sábado e domingo”. Além disso, “apresentaremos um novo palco, que melhorará a experiência para o público e para os artistas”. Haverá ainda espaço para teatro, workshops, palestras, exposições e muito mais, assegura o responsável.

E já que falamos em novidades, o dirigente revela que para este ano “houve a necessidade/oportunidade de alterar a organização do espaço, mudando a localização da área de restauração para que possa albergar mais espaços de venda de comida e na adição de um novo palco, o que significa que nesta edição teremos três palcos à disposição dos participantes”. Alterações essas que ficam a cargo do arquitecto João Galhardo, que faz parte da organização e é “quem nos guia nesse tópico”, explica.

E se pensarmos que esta é (apenas) a sexta edição do evento, é possível perceber uma “notável” evolução, sendo que a expectativa, por parte da ARCUPS é “manter essa trajectória ascendente”, que apenas acontece com “um cartaz atraente, impulsionado pelos pedidos dos nossos fiéis fãs”. O segredo… está na “atmosfera particularmente acolhedora e íntima, uma característica que atrai muitos festivaleiros à procura de uma experiência distinta”, sem esquecer “a essência do nosso local de origem”, onde se “promove a celebração e a dança”, capaz de atrair “um público mais vasto sem perder a nossa autenticidade”, assegura enquanto explica que a “expectativa é que toda a gente que venha sem conhecer a Ilha que se apaixone por ela, porque é um lugar verdadeiramente especial e único”.

De acordo com Wilson Capitão, a “venda de bilhetes já ultrapassou os números do ano anterior no mesmo período, o que nos deixa bastante felizes”. Ainda assim, a organização explica que “atrair mais pessoas” é um dos objectivos, “mas até um certo limite que respeite as características físicas do local”.

Os bilhetes estão à venda em www.timilha.pt e estão disponíveis com preços a partir dos 13 euros, para o passe geral simples.

ANA LAURA DUARTE

[NOTÍCIA DA EDIÇÃO IMPRESSA]


  • Director: Lino Vinhal
  • Director-Adjunto: Luís Carlos Melo

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Armazém D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Site optimizado para as versões do Internet Explorer iguais ou superiores a 9, Google Chrome e Firefox

Powered by DIGITAL RM