20 de Junho de 2024 | Quinzenário Regional | Diário Online
PUBLICIDADE

Pombal: Festas do Bodo valorizam “sentimento de ser pombalense”

24 de Julho 2023

“Estão reunidas todas as condições para que o Bodo seja um verdadeiro momento de valorização da nossa comunidade e do sentimento de ser pombalense”, assegura o presidente da Câmara Municipal de Pombal, Pedro Pimpão, enquanto explica que para a edição deste ano das centenárias festividades, “podemos esperar a valorização da essência do Bodo, e o Bodo vai continuar a ser, como espero que seja enquanto cá estiver, um ponto de encontro da nossa população: dos que vivem em Pombal, dos que vivem fora de Pombal e das comunidades”.

Para isso “contamos com tudo aquilo que faz parte da essência do Bodo, naturalmente com a parte dos concertos, da animação, a parte religiosa, que assume uma componente muito importante, este ano acrescida de termos mais de 1.000 jovens vindos de vários países para a Jornada Mundial da Juventude, e que vão estar em Pombal por altura do Bodo, que integra algumas actividades vocacionadas para o acolhimento destes jovens”, e para que “estes tenham experiências inesquecíveis em Pombal, tornando-os, eles próprios, embaixadores de Pombal nas suas cidades e no seu país de origem”, destaca o autarca.

Para além de “queremos continuar a valorizar a tradição”, Pedro Pimpão sublinha a necessidade de “introduzir novos pontos de inovação” e para isso, “todos os anos tentamos trazer algo de novo”. Este ano, “vamos ter o regresso do Agro-bodo”, com uma forte “valorização do mundo rural”, onde se pretende “aproximar a população do nosso mundo rural”, e “recuperar uma tradição antiga para valorizar e incentivar os produtores agrícolas locais, com destaque para a exposição de diferentes raças de ovinos, caprinos e bovinos, e com a realização de várias actividades relacionadas com o sector, destinadas a miúdos e graúdos”. Afinal, “o nosso concelho tem uma vertente urbana muito forte, mas também tem uma malha rural muito significativa e que merece ser destacada e valorizada”, afirma.

Outra das novidades para a edição deste ano é a realização do Bodo das Freguesias, onde a intenção é “envolver todas as freguesias do concelho para que todos os munícipes se identifiquem com as Festas do Bodo”, explica o autarca.

Com o apoio da Confraria do Bodo, a iniciativa pretende igualmente dinamizar a Praça Marquês de Pombal, correspondendo a um desígnio antigo de integrar a dinâmica cultural do Bodo ao centro histórico da cidade, que “será um espaço de fruição comunitária e de valorização dos nossos laços”.

Noites de animação

Quanto aos espectáculos musicais, serão distribuídos por dois palcos, ambos com entradas gratuitas. Pelo palco principal, instalado no Largo do Arnado, passa FF, acompanhado pela Banda Filamónica Ilhense, Plutónio, The Gift, Gisela João, Resistência e Bonga. “Sem esquecer os artistas pombalenses, que vão fazer a abertura de todos os espectáculos das bandas e artistas nacionais, naturalmente com um esforço financeiro acrescido, mas que entendemos ser um ponto de valorização dos nossos artistas locais, com o objectivos de envolver cada vez mais os agentes culturais locais na programação desta festa”, abrem cada um dos espectáculos: Skilla Benema, Iolanda, Fio Manta (Em Bando), Xuxa Xups e o Projecto Fado, de Tânia Pataco. Por sua vez, e para encerrar cada uma das noites, também os dj são ‘prata da casa’, com os Dj Paulo Scissors, Vito, Kiko, Maz3r Effect, Angel, Xandi, Lino F, Menasso & Guy H, Villager, Cazé a convidar a ‘pézinho’ de dança tardio.

No palco instalado no Jardim do Cardal, e de forma a “haver um maior envolvimento da comunidade local” há espaço para a actuação de diversas escolas de música e dança do concelho.

Mantendo a tradição, a noite de domingo (30) no Jardim do Cardal será animada com o Festival de Folclore, onde participam o Rancho Folclórico Centro Social Arvorense, Rancho Folclórico de Moncarapacho, de Olhão, Rancho Folclórico da Casa do Povo de Salvaterra de Magos, Grupo Danza Al-SarafSanlúcar La Mayor, de Sevilha, em Espanha, e o anfitrião, o Rancho Típico de Pombal.

Bodo é… desporto, ‘pequenada’ e associativismo

A pensar na pequenada, a organização preparou “uma programação temática repleta de brincadeira, animação e imaginação, a pensar em todas as crianças que dão um brilho especial às festas”. Assim, surge mais uma vez o Bodo dos Pequeninos, este ano dedicado à arte circense, com diversas actividades onde os mais novos podem brincar aos ‘Jogos do Hélder’, fantasiar-se com pinturas faciais e aventurar-se nos insufláveis. No que diz respeito ao desporto, mantém-se a realização, na tarde de sábado (29) a Prova do Bodo, denominada de Corrida João Faria, e que, se a saúde assim o permitir, participará na mesma à semelhança do ano anterior. Será realizada também mais uma edição da Corrida das Farturas e da Caminhada do Bodo. Para a manhã de domingo está reservado um passeio BTT – Circuito Fornos do Bodo. No que toca à economia, “estamos a preparar vários espaços, onde é esperada a presença mais de 120 expositores, essencialmente empresas e produtores locais, que terão uma oportunidade para promoverem os seus negócios, produtos e serviços”, destaca Pedro Pimpão, dando enfase à “presença de diversas instituições e associações concelhias que podem apresentar a todos os visitantes o trabalho e actividades que desenvolvem”.

ANA LAURA DUARTE

[NOTÍCIA DA EDIÇÃO IMPRESSA]


  • Director: Lino Vinhal
  • Director-Adjunto: Luís Carlos Melo

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Armazém D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Site optimizado para as versões do Internet Explorer iguais ou superiores a 9, Google Chrome e Firefox

Powered by DIGITAL RM