17 de Julho de 2024 | Quinzenário Regional | Diário Online
PUBLICIDADE

Soure: Templários ‘invadem’ Castelo amanhã, domingo

18 de Março 2023

A história de Soure volta a cruzar-se com a dos Cavaleiros da Ordem do Templo, amanhã (19), altura em que a vila se veste a rigor para receber os “Dias Templários”, um evento que junta recriações históricas com o conhecimento científico num dia em que se assinala “de forma muito simples”, a data em que D. Teresa, mãe de D. Afonso Henriques, doou o Castelo de Soure à Ordem dos Templários, corria o ano de 1128.

A realização deste evento, promovido pela Ordem dos Pobres Cavaleiros do Templo de Jerusalém (OPCTJ), pelo Município e pela Comenda Templária de Soure, tem como “objectivo valorizar o nosso património material e imaterial”, numa forma “de reconhecimento por todo o trabalho que temos vindo a desenvolver dentro desta temática”. Assim, a efeméride, que tem vindo a ser assinalada pela edilidade ao longo dos anos, procura “afirmar Soure como território de elevada importância histórica, cultural e militar para o tema ‘Templários’”.

O dia será assinalado com um programa que inclui uma recriação histórica, danças medievais, acampamento templário, esgrima, artes e ofícios, tertúlias, e a apresentação de livros. O evento realiza-se no interior, e no espaço adjacente, do Castelo Templário de Soure, e pretende “referenciar e enaltecer a implantação da ordem templária em Portugal”, dando “o devido valor à data, que não podemos deixar de assinalar, nem permitir que caia em esquecimento”, tratando-se de “uma data que o município pretende afirmar, criando uma dinâmica de habituação e de identificação, com a recriação histórica, sendo parceiros na temática templária da Associação de Turismo Militar Português, associação Thomar Honoris, de alguns outros municípios e também de algumas representações consideradas ordens templárias”, adianta o presidente da Câmara, Mário Jorge Nunes.

De acordo com autarca, o dia, que assinala 895 anos da doação do castelo aos Templários, fica marcado pela apresentação e lançamento do livro “A ordem do Templo e ao Ordem de Cristo na Obra de Pedro Álvares Seco no Século XVI”, da autoria da investigadora Joana Lencart. O evento conta ainda com uma “conversa/tertúlia”, onde se juntam ao autarca, a professora e investigadora Paula Pinto Costa, Joana Lencart e o antropólogo José Manuel Anes.

Ainda sobre a importância desta data para o território, Mário Jorge Nunes relembra que a autarquia formalizou, recentemente, a adesão ao projecto ‘Rota dos Templários Portugal’ que visa a valorização dos territórios e das comunidades, através da qualificação e usufruto do património histórico-cultural identitário e da dinamização da oferta turística ao longo de todo o ano, considerando, ainda, que Soure “tem condições para vir a integrar a Rota Templária Europeia”, passando a “poder usufruir, nem que seja de uma pequena fatia, de toda a dinâmica que a temática templária já tem no contexto do turismo nacional e internacional”, salienta o autarca.

ANA LAURA DUARTE

[NOTÍCIA DA EDIÇÃO IMPRESSA]


  • Director: Lino Vinhal
  • Director-Adjunto: Luís Carlos Melo

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Armazém D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Site optimizado para as versões do Internet Explorer iguais ou superiores a 9, Google Chrome e Firefox

Powered by DIGITAL RM