12 de Julho de 2024 | Quinzenário Regional | Diário Online
PUBLICIDADE

Mau tempo: Distritos de Coimbra e Leiria sob aviso laranja devido à chuva na terça-feira

19 de Dezembro 2022

Doze distritos de Portugal continental vão estar na terça-feira sob aviso laranja, o segundo mais grave numa escala de três, devido à chuva forte e persistente, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com o IPMA, além dos distritos do Porto e de Braga, em aviso laranja entre as 21:00 de hoje e as 06:00 de terça-feira, e de Viana do Castelo, desde as 14:27 de hoje e até às 06:00 de terça, vão estar sob aviso laranja os distritos de Coimbra, Aveiro, Lisboa, Setúbal e Viseu, entre as 00:00 e as 09:00 de terça-feira.

Em Castelo Branco, Leiria e Santarém, este aviso vigora durante três horas, entre as 06:00 e as 09:00, e em Vila Real entre as 00:00 e as 06:00.

O aviso laranja significa, segundo a página da internet do IPMA, uma situação meteorológica de risco moderado a elevado e, no caso de chuva, “precipitação forte e persistente, que pode ser acompanhada por trovoada”.

Os restantes distritos de Portugal continental (Bragança, Évora, Guarda, Faro, Beja e Portalegre) estarão sob aviso amarelo hoje ou na terça-feira ou em ambos os dias.

O aviso amarelo significa uma situação de risco para determinadas actividades dependentes da situação meteorológica e, no caso de chuva, “precipitação, por vezes forte e persistente”.

A Protecção Civil elevou hoje o nível de alerta de amarelo para laranja em oito distritos face às previsões de chuva intensa para o final do dia e alertou para a possibilidade de inundações em meio urbano.

O alerta especial para nível laranja aplica-se nos distritos de Braga, Viana do Castelo, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria, Setúbal e Lisboa, disse o comandante nacional da Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil (ANEPC), André Fernandes, durante uma conferência de imprensa.

O nível laranja é o segundo mais elevado numa escala de quatro e representa um grau de risco elevado, existindo a possibilidade de ocorrência de fenómenos invulgares que podem causar danos a pessoas e bens, colocando em causa a sua segurança.

Na sede nacional da ANEPC em Carnaxide, no concelho de Oeiras, André Fernandes explicou que as previsões meteorológicas apontam para “períodos de chuva por vezes forte e persistente” entre o final da noite de hoje e a madrugada de terça-feira.

O período crítico será entre as 21:00 e as 09:00, com possibilidade de trovoadas e rajadas fortes de vento.

O comandante nacional da ANEPC referiu também que a Agência Portuguesa do Ambiente emitiu avisos para as bacias hidrográficas do Minho, Lima, Cávado, Ave, Douro, Vouga, Mondego, Tejo e Sorraia.​​​​​​​

Perante as previsões, a Protecção Civil admite que possam ocorrer inundações em meio urbano, cheias, derrocadas e deslizamentos de terra. As zonas mais susceptíveis são o Litoral Norte, a região Centro e a Área Metropolitana de Lisboa.​​​​​​​

LUSA


  • Director: Lino Vinhal
  • Director-Adjunto: Luís Carlos Melo

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Armazém D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Site optimizado para as versões do Internet Explorer iguais ou superiores a 9, Google Chrome e Firefox

Powered by DIGITAL RM