18 de Julho de 2024 | Quinzenário Regional | Diário Online
PUBLICIDADE

Pombal: Município aprova orçamento de 52 milhões de euros para 2023

30 de Novembro 2022

O município de Pombal aprovou hoje o orçamento para 2023, de 52 milhões de euros, com enfoque no apoio às famílias e aos jovens e no desenvolvimento económico, estando previsto um plano de combate à pobreza e exclusão social.

O presidente da Câmara, Pedro Pimpão (PSD), adiantou à Lusa que é um “documento realista e para ao futuro” e foi “realizado num contexto de inflação, com um aumento brutal dos custos dos bens e serviços e da energia”.

A proposta, que terá ainda de ser submetida à Assembleia Municipal, foi aprovada com os votos favoráveis dos cinco eleitos pelo PSD e os votos contra dos dois vereadores do PS.

O orçamento para 2023 é inferior ao deste ano, que se cifrou em 53 milhões de euros, diminuição de cerca de um milhão de euros justificada por Pedro Pimpão com a diminuição das receitas comunitárias.

“Os investimentos que temos são com recursos próprios”, explicou.

O autarca salientou, contudo, que tem “duas preocupações fundamentais: apoiar as famílias e promover o desenvolvimento económico”.

Por isso, as prioridades de investimento estão assentes na reindustrialização do concelho, com a “ampliação das zonas industriais e criação de novos parques empresariais”.

Está prevista ainda a “criação de um ecossistema de inovação e empreendedorismo, ou seja um polo de inovação e conhecimento, em parceria com o Politécnico de Leiria”, acrescentou o autarca.

“Vamos criar uma rede de novos parques verdes urbanos, que sejam promotores da qualidade de vida e bem-estar da população e vamos desenvolver um plano de combate à pobreza e exclusão social que ajude as pessoas neste momento difícil, com a inflação a aumentar, assim como os valores das taxas de juro e dos bens alimentares”, frisou Pedro Pimpão.

O presidente social-democrata revelou ainda uma “aposta na emancipação dos jovens”, estado prevista a criação de um “projecto de incentivo à natalidade, com a oferta de 500 euros aos jovens casais por cada filho para adquirirem produtos de puericultura no comércio local”.

Os jovens até aos 35 anos terão também um apoio de 50% no arrendamento durante três anos.

“Vamos instituir o banco do bebé, que será um centro de partilha de recursos e reutilização de equipamentos, assim como um gabinete de apoio às famílias e à parentalidade para ajudar os jovens casais nesta importante fase das suas vidas”, acrescentou.

No âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência, Pedro Pimpão destacou “o projeto de defesa contra as cheias, com a criação da bacia de retenção de águas junto aos Caseirinhos e a identificação de proprietários e aquisição de terrenos, bem como a modernização da linha ferroviária do Oeste em articulação com a Infraestruturas de Portugal”.

A Câmara de Pombal prevê também transferir cerca de 3,6 milhões de euros para as freguesias, “no âmbito da concretização dos contratos interadministrativos e da já operada transferência de competências”.

LUSA


  • Director: Lino Vinhal
  • Director-Adjunto: Luís Carlos Melo

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Armazém D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Site optimizado para as versões do Internet Explorer iguais ou superiores a 9, Google Chrome e Firefox

Powered by DIGITAL RM