14 de Julho de 2024 | Quinzenário Regional | Diário Online
PUBLICIDADE

Penela: Feira do Mel chama ao Espinhal este fim-de-semana

2 de Setembro 2022

O Espinhal anima-se a partir de hoje (2) para a 33.ª edição da Feira do Mel, com um vasto programa de três dias que tem como ponto alto a feira que no próximo domingo (4) comercializa aquele produto endógeno da região.

As condições climatéricas adversas do ano e o continuado ataque da vespa asiática diminuem significativamente as quantidades de mel disponível.

“O mel não é muito porque o ano não correu de feição para a produção devido ao tempo seco. Houve picos de calor em Abril e Maio, quando as abelhas estavas a começar a encher as colmeias, a floração foi abaixo e já não se recuperou”, explica o presidente da Junta de Freguesia do Espinhal, Luís Oliveira Dias, salientando ainda as consequências da vespa asiática, agora em menor quantidade, mas ainda assim, destrutiva.

O autarca reconhece que “não há abundância de mel, mas temos de ser persistentes”, reforça, com a junta de freguesia, a par da Câmara Municipal de Penela e da Associação de Apicultores Serramel, a manterem a organização do evento.

Os visitantes terão à disposição não só o mel produzido na região e seus derivados, mas também as compotas e doces, os licores e aguardentes ou as velas de cera de abelha.

A feira do Espinhal, continuando a ser a primeira da época sofre alguns constrangimentos, sobretudo no que respeita ao mel certificado, ou melhor, à falta de tempo útil para conseguir essa certificação.

Assim, já há alguns anos que a organização decidiu abrir as portas a apicultores com mel não certificado, “apicultores tradicionais”. “Não quer dizer que o mel não seja na mesma de boa qualidade. A questão da certificação, por vezes, é mais uma formalidade que outra coisa”, afirma Luís Oliveira Dias.

Programa diversificado

O vasto programa do evento tem início hoje (2) à noite, com a habitual entrega de prémios de mérito escolar “Professora Alice Gonçalves”. Segundo Luís Dias, presidente da Junta de Freguesia do Espinhal, trata-se “um ponto forte do programa”, com a autarquia a distinguir os melhores alunos dos 1.º, 2.º e 3.º ciclos do ensino básico, secundário e superior.

Para acompanhar a sessão, quer terá início pelas 21h00, actuará o Ensemble da Academia de Música da Filarmónica do Espinhal. Segue-se, às 22h30, a música do Grupo Coral Carlota Taylor e, posteriormente, a noite ficará entregue aos DJ’s Sara Santini e Luís da Silva.

No sábado (3), o início das actividades está marcado para as 10h00 com a Jornada de “Apiturismo” e ao longo da tarde vai decorrer diversas inaugurações relacionais com a Bienal de Humor Luiz d´Oliveira Guimarães. À noite (20h30), a Sociedade Filarmónica do Espinhal dá um concerto no Largo da Igreja, e a SUL – Associação Cultural e Artística leva ao palco da Casa da Cultura a peça de teatro “O Rinoceronte”, de Eugène Ionescu.

Para as 23h00 está programada a actuação da artista Ana Malhoa e depois há baile com o grupo SóRitmo.

No domingo (4), pelas 8h00 abre a feira do mel, uma das mais antigas do país. A manhã terá a caminhada “Rota da Água e do Mel”, dinamizada pela Associação Caminheiros de Penela. Ao longo do dia vai, ainda, haver a Festa da Caricatura, o Festival de Folclore e uma tertúlia da Bienal do Humor subordinada ao tema “Os Animais, o Homem e o Planeta”.

Às 21h30, a encerrar o evento decorre no Largo da Igreja o espectáculo “Tomar-lhe o Gosto”.

“Temos muito boas expectativas quanto à adesão à feira, porque as pessoas já esqueceram um pouco a covid e estão um pouco sedentas destas realizações”, sustenta o presidente da Junta.

[NOTÍCIA DA EDIÇÃO IMPRESSA]


  • Director: Lino Vinhal
  • Director-Adjunto: Luís Carlos Melo

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Armazém D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Site optimizado para as versões do Internet Explorer iguais ou superiores a 9, Google Chrome e Firefox

Powered by DIGITAL RM