4 de Dezembro de 2022 | Quinzenário Regional | Diário Online
PUBLICIDADE

Pombal: Festas do Bodo preservam tradições sem perder popularidade

24 de Julho 2022

Reza a lenda que as festas do Bodo estão intrinsecamente ligadas a uma praga que atingiu Pombal e a uma mítica D. Maria Fogaça, pessoa muito devota que deu origem à secular festa.

“Conta-nos a tradição que, uma praga de gafanhotos e lagartas afligiu os pombalenses, invadindo as suas habitações, contaminando os alimentos, e até caindo em nuvem dentro dos vasos onde as mulheres levavam a água, obrigando ao uso de um pano para a coar. Esta vexação era tão insuportável que obrigou o povo a ir à Igreja de S. Pedro, então Matriz da Vila, e aí principiarem uma procissão de preces, que acabou na Capela de Nª Sr.ª de Jerusalém. Realizou-se missa cantada, prometendo-se uma festa, se esta os livrasse de tão grande calamidade”, revela Nelson Pedrosa, historiador.

Ao que parece, “a Senhora de Jerusalém rapidamente atendeu os rogos e súplicas do povo aflito”: porque na manhã não havia sinal do ‘inimigo’. “Reconhecido o milagre, celebrou-se nova missa solene em acção de graças pelos benefícios recebidos, ajustando-se desde logo as festas para o ano vindouro”. D. Maria Fogaça “decide tomar por sua conta o total dispêndio da festa religiosa”. Inicialmente realizada nos finais de Junho, passaram a realizar-se no último fim-de-semana de Julho, visto estar mais de acordo com o calendário das colheitas.

Associado ao nome de D. Maria Fogaça há ainda outra lenda, e que diz respeito a um bolo, à qual se dá o nome de ‘fogaça’, mas essa história fica para outra altura. Séculos passados, a organização, a cargo da Câmara Municipal, da empresa municipal PMUGest e da Associação de Desenvolvimento e Iniciativas Locais de Pombal (Adilpom), pretende que o evento “mantenha a popularidade, sem perder as tradições”.

“As festas mantêm a sua essência associada à devoção da Nossa Senhora do Cardal, o que faz com que haja uma forte ligação de toda a comunidade às celebrações religiosas, com o ponto alto a acontecer ao final da tarde do último domingo de julho (31) com a celebração de Missa Solene em Honra da Nossa Senhora do Cardal, seguida de grandiosa procissão pelas ruas da cidade, com as tradicionais insígnias de todas as Capelas da Paróquia”, explica Pedro Pimpão, presidente da Câmara Municipal.

Quanto aos espectáculos musicais, serão distribuídos por dois palcos, ambos com entradas gratuitas. Pelo palco principal, instalado no Largo do Arnado, passa Dino D’Santiago, Pedro Abrunhosa, Wet Bed Gang, Anjos, Os Quatro e Meia (com as convidadas Bárbara Tinoco e Carolina de Deus), Micaela e Quim Barreiros. “Sem esquecer os artistas pombalenses, porque o Bodo é também uma mostra do talento local”, abrem cada um dos espectáculos: Quinta-feira 12, GU.TA, Hora H e ISSA BELLA. As noites terminam ao som dos “Dj’s” Lino F, Vito M, Fifty, Angel Deejay & Nuno Fernandez, Smells Like 90’s, NS, Zanova, Xandi, No Maka, Kiko e Cazé.

Por sua vez, os populares “Bailes na Pérgula” contam com a actuação dos teclistas Carlos Monteiro, Tomané, Artur João e John Mitchell. No palco instalado no Jardim do Cardal, passam Santos da Casa, Jubilate Deo (Orquestra Nacional de Jovens com Coro Municipal Marquês de Pombal e Coro Sinfónico Inês de Castro), Filarmónica Artística Pombalense com a participação de João e Ricardo Silva, Tiago Silva com a convidada Íris Silva, e Pé Fresco.

Mantendo a tradição, a noite de domingo (31) no Jardim do Cardal será animada com o Festival de Folclore, onde participam o Rancho Folclórico e Etnográfico de Trancoso, Rancho Folclórico e Etnográfico de Casais de Revelhos (Abrantes), Grupo Folclórico da Casa do Povo de Santa Cruz do Bispo (Matosinhos), Rancho Folclórico do Bairro de Santarém, Graínho e Fontaínhas (Santarém) e o Rancho Típico de Pombal.

Bodo… é desporto

Amplamente conhecido, e querido, pelos pombalenses, o carismático João Faria dá nome à 38.ª edição da Prova do Bodo, que se realiza na tarde de sábado (30). A edição deste ano volta a contar com as provas de 10 km do Bodo, Corrida das Farturas (três quilómetros) e Caminhada do Bodo (três quilómetros). As inscrições podem ser realizadas até dia 24 de Julho, com o custo de oito euros para a participação na Prova do Bodo e quatro euros para a Corrida das Farturas. Após essa data acresce dois euros no caso da prova de 10km e um euro na inscrição para a prova de três quilómetros. No que toca à participação na caminhada a inscrição é gratuita, ainda que obrigatória. A organização revela ainda atribuir prémios monetários, até aos 500 euros, para os atletas que participem na Prova do Bodo. Em jeito de comemoração, “será realizado um jogo de futebol entre o Sporting Clube de Pombal e Biscarrosse – cidade francesa geminada com Pombal, ambas equipas a celebrarem este ano o seu centenário”, revelou Pedro Pimpão aquando da apresentação do programa das festas. Para a manhã de domingo está reservado um passeio BTT – Circuito Fornos do Bodo.

Bodo… é dos mais pequenitos

A pensar na pequenada, a organização preparou “uma programação temática repleta de brincadeira, animação e imaginação, a pensar em todas as crianças que dão um brilho especial às festas”. Assim, será criado um Bodo dos Pequeninos, no espaço exterior às piscinas municipais, com a instalação de uma quinta pedagógica repleta de animais e diversas actividades recreativas e lúdicas, com destaque para os concertos “Super Wings / Clube Panda” e “Banda Andrómeda”. Sem dúvida de que a instalação de uma “quinta pedagógica é uma espécie de retomar do ‘Agro Bodo’, em ponto pequeno”, com a vantagem de que os mais novos podem ainda brincar aos ‘Jogos do Helder’, fantasiar-se com pinturas faciais e aventurar-se nos insufláveis. Uma animação de rua deambulante que recria o imaginário e a memória dos vendedores ambulantes que usavam a bicicleta como meio de transporte e como local de venda será outra das atracções, desta vez a mercadoria de ‘Sr. Sabão’ carrega emoções e surpresas de um mundo onde o sabão é a matéria-prima em constante transformação.

Bodo… é associativismo e economia

No que toca à economia, “estamos a preparar vários espaços, onde é esperada a presença mais de 120 expositores, essencialmente empresas e produtores locais, que terão uma oportunidade para promoverem os seus negócios, produtos e serviços”, destaca Pedro Pimpão, dando enfase à “presença de diversas instituições e associações concelhias que, este ano no Jardim das Tílias, podem apresentar a todos os visitantes o trabalho e actividades que desenvolvem”.


  • Director: Lino Vinhal
  • Director-Adjunto: Luís Carlos Melo

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Armazém D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Site optimizado para as versões do Internet Explorer iguais ou superiores a 9, Google Chrome e Firefox

Powered by DIGITAL RM