22 de Abril de 2024 | Quinzenário Regional | Diário Online
PUBLICIDADE

Penela “subdimensiona” Feira de São Miguel à nova realidade

20 de Setembro 2021

Penela vai viver, entre os próximos dias 24 e 29, o ‘São Miguel’… possível. Os festejos serão “subdimensionados àquilo que deve ser o número de participantes” e o programa é contido.

“Ainda será um programa muito condicionado pelas questões relacionadas com a saúde pública”, admite o presidente da Câmara, Luís Matias, salientando que as tradicionais festas vão ter “quase tudo” do que é habitual, mas “subdimensionado”.

A feira Fagrip “não vai ter expressão e contará apenas com o essencial dos nossos produtores agrícolas e do artesanato”, transformando-se numa mostra de produtos endógenos e mercado local, enquanto as ´tasquinhas´ ficam fora do programa, porque “as associações que as dinamizam, naturalmente, não estão preparadas para as condicionantes” que o combate à pandemia impõe.

O que não faltará é a secular feira das nozes, no domingo (26), manhã cedo. “Não a interrompemos no ano passado, também não o iremos fazer este ano, quando já existem alguns sinais de maior esperança” na luta contra a pandemia.

Tal como há oito anos, os dias do ‘São Miguel’ voltam a coincidir com as eleições autárquicas, o que de alguma forma “traz sempre alguns constrangimentos”. “Obriga-nos, por exemplo, a deslocalizar algumas mesas de voto, para que estejam mais distanciadas do centro de animação das festas, e a fazer alguns outros ajustamentos”, reconhece Luís Matias.

Na quarta-feira, 29, Penela comemora o Dia do Município, numa sessão solene (10h30), este ano sem habituais distinções honoríficas. “De quatro em quatro anos, quando o período eleitoral coincide com a data, não fazemos homenagens, por questões de natureza política, porque pode ser visto com intenções propagandísticas e, obviamente, não o queremos fazer”, explica o autarca, prestes a despedir-se do cargo e que viverá o último feriado municipal enquanto presidente da Câmara “com muito simbolismo”.

Luís Matias admite que sem as distinções honoríficas de “reconhecimento da excelência, do trabalho e do contributo daqueles que ajudam a afirmar Penela como um território competitivo, inovador e que cria muitas oportunidades”, a sessão solene do Dia do Município “nunca fica completa”.

O programa de animação integra diversos espectáculos musicais e concertos nas noites do evento e começa na sexta-feira (24) com a juventude em destaque e as actuações de Henrique Mendes (Dança Acrobática) e Dj Luís da Silva.

No sábado (25) à noite há concertos com Mário Mata e Grand Pulsar, enquanto para domingo (26) está marcado um concerto da Sociedade Filarmónica de Penela (17h00) e pelas 21h30 actua a Brigada Vítor Jara.

A segunda-feira (27) é dedicada às comemorações do Dia Mundial do Teatro, com ‘Visitas Encenadas’ à villa romana do Rabaçal e não haverá animação nocturna.

Na terça-feira (28), destaque para a Ópera do Território, no âmbito do projecto “Assim Somos Nós”, com espectáculo de música, dança, cinema e teatro.

No dia do feriado municipal (29), a encerrar as festas, actua o grupo ‘Mimo`s Dixie Band’.

Com o programa “possível”, o objectivo da autarquia é “não deixar morrer a tradição, ajustando-nos, como outros municípios também tiveram de fazer”.

“Estamos longe do ponto desejável no combate à pandemia e, por isso, vamos ter todas as cautelas e todos os cuidados para que as pessoas possam vir a Penela em segurança, mas não dispensando aquilo que é um momento importante da nossa afirmação no contexto regional. Dimensionámos e planificámos as Festas do Concelho tendo em conta esta nova realidade”, salienta o autarca.

[NOTÍCIA DA EDIÇÃO IMPRESSA]


  • Director: Lino Vinhal
  • Director-Adjunto: Luís Carlos Melo

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Armazém D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Site optimizado para as versões do Internet Explorer iguais ou superiores a 9, Google Chrome e Firefox

Powered by DIGITAL RM