18 de Abril de 2024 | Quinzenário Regional | Diário Online
PUBLICIDADE

Ansião: Avelar venera Nossa Senhora da Guia este fim-de-semana

3 de Setembro 2021

Este fim-de-semana é de festa na vila de Avelar, venerando Nossa Senhora da Guia. O programa dos tradicionais festejos, que hoje têm início, é ainda condicionado pela pandemia, mas não deixa de integrar actividades religiosas, culturais e desportivas, para três dias de devoção à santa e animação das gentes locais e visitantes.

“É importante sabermos viver com alegria e responsabilidade a devoção que mantemos pela nossa padroeira e não nos deixar esquecer o quanto estes festejos significam para todos nós”, refere a junta de freguesia, que apoia a comissão de festas na organização do evento.

A festa e romaria de Nossa Senhora da Guia, sempre no primeiro fim-de-semana de Setembro, é um dos pontos altos do ano naquela vila. As festividades, vindas já do século XVIII, têm por tradição levar ao Avelar uma autêntica multidão. O cenário, porém, alterou-se no último ano, devido aos constrangimentos provocados pela pandemia, que muito condiciona a afluência e impediu em 2020, e volta a fazê-lo este ano, a realização da concorrida e emotiva procissão das velas, momento de fé marcante na noite de sábado.

As festas de Nossa Senhora da Guia arrancam esta sexta-feira à noite (20h00) com a eucaristia em honra da padroeira e de São José, na igreja paroquial.

O mesmo templo acolherá, uma hora depois, a actuação do Grupo Coral HD, que apresenta “Canto para Maria”.

Dadas as imposições que limitam a lotação da igreja matriz será possível também assistir às celebrações no adro, em lugares sentados, através de um ecrã gigante.

Amanhã, o sábado começa com mais uma edição (a 14.ª) da Feira de Antiguidades e Velharias, que se prolongará durante todo o dia na Praça Costa Rego. Pelas 11h00, a Sociedade Filarmónica Avelarense fará uma arruada pelas principais ruas da vila.

Na ausência forçada da procissão de velas, a visita das imagens peregrinas de Nossa Senhora da Guia e São José à paróquia de Avelar construiu um momento de fervor religioso. Assim, a partir das 15h00 e depois de um momento de oração junto à igreja matriz, as imagens serão transportadas em viatura aberta a diversos locais, com paragens para oração, na capela de São Roque (15h30), lar da Fundação Nossa Senhora da Guia (16h00), Capela de São Silvestre (16h30), Capela de Santo Amaro (17h00), Capela do Casal de Santo António (17h30), cemitério de Avelar (18h00), sede da Sociedade Filarmónica Avelarense (18h30) e Hospital Fundação Nossa Senhora da Guia (18h45), descendo depois à igreja paroquial onde termina a peregrinação.

A comissão de festas pede às pessoas que “aguardem pela passagem das imagens em peregrinação junto às suas residências, que a título de sugestão possam estar ornamentadas com colchas às janelas”. Para evitar ajuntamentos indesejáveis em tempo de crise sanitária, as pessoas não deverão acompanhar a pé as imagens, nem deverão aguardar por elas junto às capelas e pontos de paragem.

A tarde de sábado é também ainda dedicada ao desporto com a realização das finais do X Open de Ténis de Avelar, organizado pela Academia de Ténis de Avelar. À noite, pelas 21h30, a Banda da Sociedade Filarmónica Avelarense dará um concerto na Praça Costa Rego.

No domingo (5) à tarde (17h00) será celebrada a missa dominical, ao ar livre, também na Praça Costa Rego, no centro da vila.

[NOTÍCIA DA EDIÇÃO IMPRESSA]


  • Director: Lino Vinhal
  • Director-Adjunto: Luís Carlos Melo

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Armazém D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Site optimizado para as versões do Internet Explorer iguais ou superiores a 9, Google Chrome e Firefox

Powered by DIGITAL RM