16 de Abril de 2024 | Quinzenário Regional | Diário Online
PUBLICIDADE

Penela: Eduardo Santos (PS) aposta em ‘task force’ para a habitação

7 de Agosto 2021

O candidato do PS à presidência da Câmara de Penela promete a criação de uma “task force municipal, no sentido de agilizar a aprovação de projectos que visem a construção” no concelho. A medida insere-se no primeiro eixo da proposta eleitoral, a habitação.

Eduardo Santos defende também a criação de zonas habitacionais “onde os nossos queiram ficar e para onde os de fora queiram vir usufruir de tudo o que Penela tem para oferecer”, disse o candidato socialista na apresentação da candidatura, no passado dia 25 de Julho, no Espinhal.

No eixo da saúde, os socialistas propõem criar um cartão de saúde municipal, que “será complementar ao serviço nacional de saúde, em que as pessoas terão acesso a consultas grátis, com rapidez, sendo que o município irá assegurar o transporte gratuito dos utentes”.

O PS defende ainda a implementação de “uma verdadeira política de proximidade”, com a criação, desta vez, de “um serviço de carácter social para apoiar a população mais idosa ou com menor mobilidade”.

Num discurso marcado por constantes críticas ao desempenho autárquico social-democrata, Eduardo Santos preconizou o investimento nas zonas industriais, assinalando que “num primeiro momento deveremos procurar estender a Zona Industrial de Penela para os terrenos adjacentes” e só depois “considerar a hipótese de uma nova zona industrial”.

Acusando o actual executivo de “penalizar as pessoas procurando passar o ónus do aumento substancial do preço da água para uma entidade externa”, o candidato do PS afirma não ter dúvidas que “teremos uma APIN [empresa intermunicipal] até Outubro e uma outra depois das eleições autárquicas”.

Projectando o cenário eleitoral, Eduardo Santos entende que Penela deve “mudar para melhor e sem medo”, e sublinha que essa mudança se faz “com pessoas novas, com novas ideias e muita garra”.

Eduardo Santos, Edite Simões, Luís Fernandes, Sara Marmé, Paula Marques, Rui Palrinhas, Mariana Solheiro, Samuel dos Santos, Tânia Luís e Ricardo Pedro integram a lista socialista.

O ‘histórico’ Mendes Lopes encabeça a lista à Assembleia Municipal, enquanto às freguesias Pedro Alves é o candidato na Cumeeira, Nélson Simões em Podentes e Maria Marmé repete a candidatura na União de Freguesias de S. Miguel, Santa Eufémia e Rabaçal.

No Espinhal, o PS vai apoiar a candidatura independente liderada por Marco Antunes.

No concelho onde o PSD lidera a autarquia desde 1976, o dirigente nacional do PS João Paulo Rebelo, presente na sessão de apresentação, afirmou que “se não houver alternância não estamos a cumprir a democracia de uma forma completa”.

(Na foto, João Paulo Rebelo, Eduardo Santos e Mendes Lopes)

[NOTÍCIA DA EDIÇÃO IMPRESSA]


  • Director: Lino Vinhal
  • Director-Adjunto: Luís Carlos Melo

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Armazém D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Site optimizado para as versões do Internet Explorer iguais ou superiores a 9, Google Chrome e Firefox

Powered by DIGITAL RM