22 de Junho de 2021 | Quinzenário Regional | Diário Online
PUBLICIDADE

Miranda do Corvo: ADFP acusada por obra do Templo Ecuménico critica Ministério Público

13 de Janeiro 2021

A Fundação ADFP, de Miranda do Corvo, rejeitou hoje a acusação do Ministério Público (MP) por crimes alegadamente cometidos na construção do Templo Ecuménico e outros empreendimentos da instituição.

“O Templo Ecuménico Universalista é uma construção que cumpre todas as normas legais aplicáveis e está devidamente legalizado”, afirma o presidente da ADFP, Jaime Ramos, numa nota enviada à agência Lusa.

O processo, com sete arguidos, “nasceu de actividade persecutória da Câmara Municipal”, refere o médico, que foi presidente da autarquia, pelo PSD, e governador civil de Coimbra.

“O fundamentalismo do MP ao proferir esta acusação constitui um absurdo jurídico que o coloca ao serviço de forças obscurantistas”, acusa.

Em causa, designadamente, estão o licenciamento e a realização das obras do Museu da Chanfana, que inclui um restaurante, o hotel Parque Serra da Lousã e o Templo em forma de pirâmide, construído em solo da Reserva Ecológica Nacional (REN).

O MP propõe a perda de mandato do vereador Sérgio Seco, por actos praticados antes de 2013, quando, com competências delegadas, integrava um executivo liderado por Fátima Ramos, irmã de Jaime Ramos.

É requerida, em caso de condenação definitiva, a perda do mandato para que o autarca do PSD foi eleito em 2017, por alegados crimes no exercício das funções.

“O projecto inicial do Templo tinha a porta de entrada virada a noroeste, tendo a fundação decidido mudar para nordeste. Esta alteração foi legalmente aprovada”, justifica Jaime Ramos.

No texto enviado à agência Lusa, recorda que a ADFP “tinha previsto construir o Templo em cerca de 7.000 metros quadrados (m2) de terreno”.

Depois, a Câmara agora presidida por Miguel Baptista, do PS, exigiu “uma área de protecção contra incêndios de 50 metros de raio”, totalizando mais de 15 mil m2.

“A fundação foi obrigada a comprar terrenos em redor. Nestes terrenos, com cerca de 30 mil m2, decidiu (…) arrancar os eucaliptos para plantar oliveiras, romãzeiras e tílias”, alega a instituição de solidariedade social.

Na sequência de investigações da Polícia Judiciária, o presidente da ADFP é acusado de ter cometido um crime de violação de regras urbanísticas em co-autoria.

Sérgio Seco é responsabilizado por dois crimes de prevaricação de titular de cargo político.

“Este arguido conduziu, contra os procedimentos legais e em benefício de terceiros, um processo de licenciamento de obra e um processo de comunicação prévia”, de acordo com uma informação publicada pelo DIAP de Coimbra, na segunda-feira.

A uma engenheira da instituição, o MP atribui a autoria de três crimes de falsificação de documentos e um de violação de regras urbanísticas.

A ADFP responde por um crime de violação de regras urbanísticas, cuja prática é igualmente atribuída a um construtor do concelho e à sua empresa.

O filho do empreiteiro é acusado de um crime de falsificação de documentos e um de violação de regras urbanísticas.

No âmbito do processo, foram constituídos outros arguidos, como a ex-autarca Fátima Ramos, o seu marido, Carlos Ferreira, e um ex-vice-presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC), António Veiga Simão, entre vários outros, cujos autos foram arquivados.

Inaugurado em 2016, na presença do então ministro-adjunto Eduardo Cabrita, o Templo, cuja construção chegou a ser embargada pela Câmara, destina-se à reflexão de “pessoas de diferentes religiões” e está ainda aberto a ateus.

Reconhecendo o “relevante interesse público” do projecto, a CCDRC deu parecer favorável para uma área de 6.800 m2 da REN, mas a obra acabou por afectar mais de 22 mil m2.

LUSA


  • Director: Lino Vinhal
  • Director-Adjunto: Luís Carlos Melo

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Armazém D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Site optimizado para as versões do Internet Explorer iguais ou superiores a 9, Google Chrome e Firefox

Powered by DIGITAL RM

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com