27 de Fevereiro de 2024 | Quinzenário Regional | Diário Online
PUBLICIDADE

Soure: ASAE doou roupa e calçado a seis IPSS do concelho

17 de Dezembro 2018

A ASAE – Autoridade de Segurança Alimentar e Económica doou, hoje, a seis instituições de solidariedade do concelho de Soure mais de 1.300 peças de vestuário e calçado, no âmbito da sua actividade de responsabilidade social.

“O nosso objectivo é ir além do cumprimento da função central da ASAE, que é a apreensão de material, combate à contrafacção e à economia paralela. Com o material apreendido na actividade inspectiva tínhamos duas opções: a sua destruição ou a doação. Temos optado nos últimos anos, mais concretamente desde 2015, por ter um contributo em matéria de responsabilidade social,de aproveitar algo que é ilícito e dar-lhe uma ´roupagem´ lícita, desde que sejam cumpridos determinados requisitos, e fazer a sua doação”, salientou Pedro Portugal Gaspar, Inspector-Geral da ASAE, na assinatura dos protocolos para a entrega dos 1.328 artigos, que serão divididos pela Associação Cultural Recreativa e Social de Samuel, Casa do Povo de Vila Nova de Anços, Fundação Maria Luísa Ruas (Gesteira), Centro Social de Alfarelos, Misericórdia de Soure e APPACDM.

Pedro Portugal Gaspar sublinhou que a ASAE já doou “um total de mais de 14.000 peças a cerca de 80 instituições de todo o país” e a escolha de Soure para nova entrega surge também por uma questão de solidariedade para com um concelho afectado pela passagem da tempestade “Leslie” em Outubro passado.

“Pretendemos caminhar no sentido de consolidar esta prática”, assegurou o responsável máximo daquela entidade.

“ASAE vai à Escola”

Em paralelo, a ASAE e o Município de Soure assinaram, também hoje, um protocolo no âmbito do projecto “ASAE vai à Escola”, que visa,segundo o documento, “garantir a qualidade e segurança das refeições escolares fornecidas nos refeitórios de responsabilidade municipal”, bem como “sensibilizar e capacitar a população escolar, em especial, e a comunidade educativa, em geral em matéria de higiene e segurança alimentar”.

As refeições escolares são uma das áreas das chamadas “refeições colectivas” que têm merecido a atenção da ASAE e o acordo celebrado pretende fazer um acompanhamento das refeições escolares servidas nos refeitórios dos estabelecimentos escolares do concelho, desde o manuseamento e confecção dos alimentos até ao seu empratamento.

“Vamos fazer uma análise, com recurso aos nossos laboratórios, da qualidade das refeições escolares fornecidas”, explica o Pedro Portugal Gaspar, que assinou o protocolo em Soure.

Para o presidente da Câmara de Soure, a parceria é “um aproximar de instituições responsáveis pelo bem-estar dos cidadãos”.

“Pretendemos ter a ASAE do nosso lado, a montante de todos os outros procedimentos, a ajudar os técnicos municipais e a fazer o acompanhamento das refeições escolares”, afirmou Mário Jorge Nunes, convicto que as IPSS locais que fornecem as refeições às escolas do município irão “precaver-se, dar formação aos seus técnicos e funcionários, vão ser mais exigentes; e a autarquia cá estará para lhes dar o apoio técnico e material para que possam ter qualidade na prevenção e na segurança alimentar”, assegura.

O protocolo prevê ainda a organização de acções de formação,a ministrar pela ASAE, aos técnicos do Município na área da segurança e higiene alimentar; sessões de esclarecimento públicas no mesmo âmbito, direccionadas para a comunidade educativa, em articulação com o Agrupamento de Escolas de Soure e com a ASAE, e também sessões relacionadas com o projecto “ASAE vai à Escola”.


  • Director: Lino Vinhal
  • Director-Adjunto: Luís Carlos Melo

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Armazém D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Site optimizado para as versões do Internet Explorer iguais ou superiores a 9, Google Chrome e Firefox

Powered by DIGITAL RM