13 de Junho de 2024 | Quinzenário Regional | Diário Online
PUBLICIDADE

Pombal e Soure vão ter consultório dentista nos centros de saúde

19 de Setembro 2018

As câmaras municipais de Pombal e Soure assinaram ontem, em Lisboa, os protocolos para a instalação de consultórios de saúde oral, no âmbito do Serviço Nacional de Saúde.

O Governo pretende ter, em Junho próximo, 30 por cento dos concelhos do país abrangidos pela medida que prevê que haja pelo menos um consultório de saúde oral em cada município, anunciou o secretário de Estado da Saúde.

“O objectivo é ter, a 30 de Junho de 2019, cerca de 30 por cento dos municípios abrangidos e até ao final do mesmo ano cerca de 60 por cento”, afirmou Fernando Araújo no final da cerimónia “Saúde Oral Para Todos”, onde foram assinados protocolos de colaboração entre várias dezenas de municípios e as cinco Administrações Regionais de Saúde, no âmbito do alargamento do projecto dos médicos dentistas nos cuidados de saúde primários.

“Temos neste momento cerca de 63 consultórios em 53 municípios, mas queremos chegar a todos os concelhos, próximos das pessoas”, acrescentou o secretário de Estado Adjunto e da Saúde.

A meta é ter, até Junho de 2020, “os 278 municípios com pelo menos um consultório de médico dentista”, disse, sublinhando que o que se pretende é “proximidade nos centros de saúde, qualidade e sobretudo equidade no país”.

Segundo Fernando Araújo, “o projecto está aberto a todos os portugueses”, mas em termos de prioridade, do ponto de vista clínico, vai tentar-se abranger os doentes com mais patologias de saúde oral ou outras e a população mais vulnerável.

Sublinhando que ter um consultório de médico dentista nos centros de saúde de todos os municípios do país até 2020 é “uma medida histórica”, o ministro da Saúde considerou, por seu lado, também tratar-se de um “sinal muito positivo da descentralização”.

Adalberto Campos Fernandes salientou que o programa permite manter o programa cheque-dentista, iniciado em 2008, mas também chegar “a uma população diferente, que é uma população mais pobre, mais idosa, com menos recursos”.

O presidente da Câmara de Soure, Mário Jorge Nunes, presente na cerimónia, realça a aposta em “mais e melhor saúde para o nosso concelho”.

“Acreditamos neste projecto e vamos investir no Centro de Saúde de Soure, em instalações e equipamentos, dezenas de milhares de euros para melhorar as condições de acesso aos cuidados de saúde primários por parte dos nossos munícipes”, anuncia o autarca.

Já em Março passado, aquando das comemorações nacionais do Dia Mundial da Saúde Oral, em Pombal, o presidente do município local, Diogo Mateus, elogiou aquela medida governamental, salientando ser uma “resposta positiva” através da qual “percebemos que, depois da época em que tínhamos que construir e ajudar a resolver os problemas da instalação de extensões de saúde no nosso território, chegou um tempo para tentar perceber que outros serviços podemos fazer, com maior proximidade, com maior qualidade e correspondendo às expectativas dos cidadãos”.

O Governo inscreveu como meta, no seu Programa para a Saúde, a criação de, pelo menos, um gabinete de saúde oral por Agrupamento de Centros de Saúde até ao final da presente legislatura.


  • Director: Lino Vinhal
  • Director-Adjunto: Luís Carlos Melo

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Armazém D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Site optimizado para as versões do Internet Explorer iguais ou superiores a 9, Google Chrome e Firefox

Powered by DIGITAL RM