14 de Junho de 2024 | Quinzenário Regional | Diário Online
PUBLICIDADE

Penela: Praia Fluvial da Louçainha volta a içar Bandeira Azul

2 de Julho 2018

A qualidade ambiental e ecológica da praia fluvial da Louçainha, na freguesia do Espinhal, bem como a segurança dos seus veraneantes está assegurada. A garantia foi dada pelo presidente Câmara Municipal de Penela, Luís Matias, durante a cerimónia de hastear das bandeiras Azul e de Praia Acessível, que decorreu na tarde da passada sexta-feira (29), marcando o arranque da época balnear.

As bandeiras Azul e de Praia Acessível são “o reconhecimento da qualidade deste espaço do ponto de vista ambiental e ecológico, mas também do conjunto de serviços que estão à disposição das pessoas”, realçou o autarca, alegando que estes galardões são ainda “o reconhecimento de um conjunto de esforços que temos vindo a fazer para melhorar o espaço da praia fluvial da Louçainha, que não apenas a qualidade da água”.

“No ano passado não fomos reconhecidos com Bandeira Azul”, um símbolo de qualidade ambiental atribuído anualmente às praias que cumpram um conjunto de critérios de qualidade da água, segurança, equipamentos de apoio e actividades de educação ambiental, recordou Luís Matias, alegando que “houve um ano em que os indicadores não foram muito favoráveis” e “prejudicaram a média da qualidade da água”, que “passou de excelente para boa”.

Assim, com vista a recuperar a Bandeira Azul, “adoptámos um conjunto de medidas correctivas” que permitiu “a melhoria da qualidade da água”, referiu o edil, sublinhando que “de resto, no que respeita aos outros parâmetros, tivemos sempre uma avaliação elevadíssima”, pelo que lembrou que aquele local “é de todos” e, por isso, “cada um de nós tem um papel a cumprir na limpeza e na conservação do espaço”, que possibilitem assegurar anualmente a atribuição deste galardão.

“Estou muito contente por a praia fluvial da Louçainha ter recuperado a Bandeira Azul”, afirmou o presidente da Junta de Freguesia do Espinhal, certo que este símbolo “é uma mais valia para a freguesia e para o concelho”. Contudo, “isto só é possível com a ajuda de todos”, pelo que Luís Dias apelou aos veraneantes que contribuam para “manter o espaço limpo e agradável, não deitando lixo no chão e não danificando as infra-estruturas existentes”.

Afinal, “é muito fácil ter Bandeira Azul um ou dois anos, o difícil é manter qualidade, particularmente agora com as oscilações das condições atmosféricas”, frisou Luís Matias, argumentando que as alterações climáticas “obrigam-nos a ter ainda mais cuidado no acompanhamento e monitorização da qualidade da água e na escassez de caudal”.

CARINA GONÇALVES

 


  • Director: Lino Vinhal
  • Director-Adjunto: Luís Carlos Melo

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Armazém D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Site optimizado para as versões do Internet Explorer iguais ou superiores a 9, Google Chrome e Firefox

Powered by DIGITAL RM