4 de Dezembro de 2022 | Quinzenário Regional | Diário Online
PUBLICIDADE

Condeixa: Dias de festa atraem milhares de visitantes

18 de Julho 2018

Cerca de 50.000 visitantes são esperados nos próximos dias em Condeixa, nas Festas de Santa Cristina, que têm início esta quinta-feira (19) e se prolongam até terça-feira, 24 de Julho, feriado municipal.

Para o presidente da Câmara, Nuno Moita, as Festas são “um momento alto de Condeixa, da sua cultura, dos seus produtos endógenos, da festa em si e da identidade condeixense”.

O autarca realça que os festejos atraem milhares de visitantes e “é isso que se pretende, trazer pessoas ao concelho, dinamizando a economia local”.

Em Condeixa, os visitantes vêm encontrar “um concelho moderno, em crescimento, dos que mais cresce até a nível nacional em termos populacionais, que tem um museu [PO.RO.S] que foi recentemente considerado o melhor museu multimédia do país; um concelho que cresce em oferta turística e que tem no mote da romanização um forte atractivo cultural e turístico”, enfatiza Nuno Moita

As festas seguem um formato semelhante ao dos anos anteriores. “É um ano de continuidade daquilo que achamos que está a ser bem feito, tem sido do agrado do público, do agrado dos visitantes e vamos esta linha condutora de actuação”, refere Carlos Canais, vereador da autarquia responsável pela organização do evento.

Os festejos, de entrada livre, centram-se nas praças da República e do Município, onde estão instalados os palcos, stands de exposição e “tasquinhas”. “A opção tem sido por manter as festas no centro da vila, e mantendo essa opção não há condições, nem é essa a nossa vontade, para o pagamento de entradas, porque isso implicaria uma logística tremenda para vedar todos os acessos com os custos inerentes. Por outro lado, se calhar as pessoas optariam por vir uns dias em detrimento de outros e teríamos uma menor afluência e não é isso que se pretende”, salienta o autarca.

O cartaz de espectáculos no palco principal abre com Diogo Piçarra (19), seguindo-se na sexta-feira (20) Carolina Deslandes. No sábado (21), actua Jorge Palma e o domingo (22) Richie Campbell. A banda The Black Mamba animará a penúltima noite (23) da festa, que encerra com os históricos GNR, no dia 24.

Por este palco, a encerrar cada uma das noites passam, como habitualmente, grupos com alguma ligação ao concelho. Museness amanhã (19), na sexta-feira (20) é a vez de Banda Zona e Easy Lopp, no sábado (21), actuam Dexys e Dukes of Speed, Sara Ribeiro estará em palco no domingo (22), Kremlin na segunda-feira (23) e Sede Bandida na terça-feira (24).

A animação musical das festas não fica por aqui. Na Praça do Município, na zona das ´tasquinhas´ estará instalado o palco 2, com actuação de grupos ou artistas de música popular portuguesa.

“O palco das ´tasquinhas´ surgiu com base nos gostos de um público que não se revia nos estilos de música do palco principal e gostaria de ter um palco com a sua música. Optámos por esta vertente e tem sido uma aposta ganha”, congratula-se Carlos Canais.

O inconfundível Ruizinho de Penacova abre as ´hostilidades´ esta quinta-feira (19) e encerra as actuações no dia 24. Low Kost (20), Banda Ice (21), Tó Miau e Sílvio (22), e Roda Viva (23) têm também presença assegurada em palco.

A área de “comes e bebes” conta com oito ´tasquinhas´ dinamizadas por associações do concelho, que “têm aqui a possibilidade de obter algum retorno financeiro com a participação nas festas, e penso que o tem conseguido, pois de outro modo não repetiam a presença ano após ano”, refere o autarca.

O Centro Cultural e Recreativo de Casal de São João (Anobra), Grande Alerta – Associação de Pais e Amigos dos Escuteiros de Condeixa e a Oficina de Teatro de Condeixa participam pela primeira vez na vertente gastronómica do evento, juntando-se a Clube Condeixa, Condeixa Aqua Clube, Rancho Folclórico e Etnográfico de Eira Pedrinha, Associação Orfeão Dr. João Antunes e Associação Cultural, Desportiva e Recreativa de Condeixa-a-Velha.

O orçamento dos festejos ronda os 200.000 euros, dos quais 50.000 euros representam receitas do evento, sendo o restante assumido pela autarquia.

“Temos tido uma política, desde que entrámos em funções, de manter os valores gastos pelo erário municipal. No ano antes de chegarmos ao executivo, gastaram-se cerca de 150.000 euros nas festas e é esse número que temos mantido ao longo dos anos. As melhorias de cartaz que temos vindo a fazer são à conta das maiores receitas que temos vindo a obter, quer através da venda de espaços publicitários, quer da venda de espaços de comidas e bebidas, e que representam cerca de 50.000 euros”, elucida o vereador.

Sem um controle efectivo dos números, a organização acredita que “ano após ano têm passado cerca de 50.000 pessoas durante a semana das festas, um número significativo se pensarmos que o concelho tem menos de 20.000 habitantes”, indica Carlos Canais, na expectativa de repetir o mesmo número em 2018 e com o desejo de que “as pessoas que venham a Condeixa saiam satisfeitas e com vontade de visitá-la no próximo ano”.

No Dia do Município (24), a sessão solene evocativa da data está agendada para as 10h30, e a missa, seguida de procissão, em honra de Santa Cristina tem início pelas 16h00, na igreja matriz.

LCM


  • Director: Lino Vinhal
  • Director-Adjunto: Luís Carlos Melo

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Armazém D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Site optimizado para as versões do Internet Explorer iguais ou superiores a 9, Google Chrome e Firefox

Powered by DIGITAL RM