12 de Abril de 2024 | Quinzenário Regional | Diário Online
PUBLICIDADE

Vinália é montra da qualidade dos vinhos Terras de Sicó

30 de Junho 2018

Podentes, local de referência da produção vinícola da sub-região, vai receber amanhã (1 de Julho) a décima edição da Vinália. Iniciativa da Câmara Municipal de Penela e da Junta de Freguesia local, o certame junta produtores de vinhos Terras de Sicó e “cada vez faz mais sentido” realizar-se, pela afirmação da identidade territorial e promoção do produto.

“O vinho Terras de Sicó faz este ano 25 anos, enquanto DOP – Denominação de Origem Protegida, e o reconhecimento desta sub-região de vinhos é muito importante naquilo que é o trabalho que tem de continuar a ser feito de requalificação do produto, por um lado, mas fundamentalmente também de promoção e valorização do mesmo, pelo que este evento cada vez faz mais sentido”, sustenta o presidente da Câmara de Penela, Luís Matias.

Segundo o autarca, “a Vinália é o momento em que procuramos puxar pela identidade de um território, no caso a freguesia de Podentes, mas essencialmente por aquilo que é um produto que começa a ter cada vez mais procura por via da qualidade que tem vindo a ganhar nos últimos anos. E prova disso são as medalhas em concursos internacionais”, afirma ao TERRAS DE SICÓ, vendo o evento também como um estímulo para os produtores.

Luís Matias sublinha a importância que o sector vitivinícola começa a ter na actividade económica do município de Penela e da região, salientando o “trabalho extraordinário” que tem sido levado a cabo para aumentar o número de produtores e as dinâmicas que lhe estão associadas.

Este ano, o tradicional passeio pedestre Rota das Vinhas, logo pela manhã, abre o “apetite” para o certame que a partir das 9h30 terá a funcionar o mercado da agricultura familiar e tradicional, com os produtos endógenos de Sicó, do vinho ao queijo, do azeite ao mel e às nozes.

Pelas 11h30, após mais um “concurso de vinhos do produtor”, têm início as Jornadas de Vitivinicultura, que servem sobretudo para trazer junto dos produtores especialistas que ajudem a esclarecer dúvidas. “Todos os anos há novos desafios para a produção e comercialização do vinho, para o tratamento, e por isso procuramos que especialistas nestas áreas possam transmitir o seu conhecimento aos produtores”, refere o autarca.

E o que pedem os vitivinicultores a entidades como a câmara municipal? “Pedem acompanhamento. O papel das autarquias passa fundamentalmente pela protecção dos produtos, pela criação de dinâmicas que valorizem a produção, pela abertura de novas perspectivas de comercialização. É esse o trabalho que fazemos e vamos continuar a fazer também em parceria com a Associação Terras de Sicó”, assegura Luís Matias.

A tarde do próximo dia 24 será preenchida com a apresentação do projecto “Rua D. Jerónimo Vasconcelos”, actuação do Rancho Folclórico da Universidade Sénior e um concerto solidário pela Sociedade Filarmónica Penelense. Haverá ainda demonstração de fitness e um torneio de futsal.

O autarca de Penela espera que no certame, além de saudáveis momentos de convívio, os vitivinicultores, à luz da discussão, ajudem a “perceber quais são os próximos passos que têm de dar na defesa dos seus produtos”, contribuindo assim também para a “afirmação do território”.

LCM


  • Director: Lino Vinhal
  • Director-Adjunto: Luís Carlos Melo

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Armazém D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Site optimizado para as versões do Internet Explorer iguais ou superiores a 9, Google Chrome e Firefox

Powered by DIGITAL RM