30 de Novembro de 2022 | Quinzenário Regional | Diário Online
PUBLICIDADE

Penela projecta ampliação do HIESE

1 de Junho 2018

A Câmara Municipal de Penela vai investir cerca de 800.000 euros na ampliação do HIESE (Habitat de Inovação Empresarial nos Sectores Estratégicos), dotando-o com mais 10 espaços empresariais. Actualmente, a incubadora de negócios, que está a funcionar há cerca de um ano, tem os 14 gabinetes lotados.

“Estamos a concluir o projecto de ampliação do HIESE, que já estava pensado desde a primeira hora”, revelou ao TERRAS DE SICÓ o presidente do Município de Penela, Luís Matias.

“Correndo bem como está a correr, queremos ampliar este equipamento para criar mais 10 gabinetes para instalação de mais empresas”, realçou o autarca, adiantando que “neste momento, temos 14 espaços empresariais e 14 empresas instaladas” e “já estamos a aumentar a área útil, fechando alguns espaços comuns para salas de formação, para assim libertar as salas de formação para a instalação de empresas”.

“Este programa é efectivamente um caso de sucesso”, considerou Luís Matias, alegando que “já estamos a trabalhar na ampliação deste equipamento, sem ainda termos inaugurado este que é o maior investimento público jamais feito no concelho”. Para o edil, este sucesso deve-se à “relação de proximidade” e “acompanhamento” prestado aos empreendedores e prova que “existe muita massa crítica e vontade de empreender no concelho”.

Salientando que “não há territórios condenados ao fracasso”, Luís Matias acredita que “o que fizemos em Penela é possível ser replicado em muitos outros concelhos do país” para que “estes territórios, que estão muitas vezes mais escondidos daquilo que são as dinâmicas do tecido empresarial, possam ser também mais competitivos para atrair mais oportunidades e pessoas”.

Para isso, “os municípios têm de olhar para o seu posicionamento e a sua estratégia de desenvolvimento para tentar mudar alguma coisa”. “Penela tem ousado nessa mudança”, congratulou-se Luís Matias, lembrando que “a localização dos negócios é cada vez menos importante, o que é fundamental é a capacidade de dar resposta às necessidades de empreendedores e empresários”.

 

Fazer cada vez melhor

O HIESE é uma incubadora focada no empreendedorismo e inovação em meio rural, que “disponibiliza os serviços habituais de uma incubadora e utiliza o modelo de incubação do IPN, que está plenamente maduro e reconhecido”, frisou o director executivo do HIESE, Joaquim de Sousa.

A funcionar há cerca de um ano, o HIESE é resultado de um “triângulo virtuoso” que junta “entidades públicas, a academia e empresas que estão em diferentes graus de maturidade”, referiu aquele dirigente, salientando que “temos ideias de negócios que vão de Norte a Sul do país, desde Aveiro até Évora, mas também ideias de negócios internacionais, que vêm do Brasil, e ainda de penelenses que estavam em Lisboa e decidiram fixar-se novamente em Penela”. Nesta incubadora “temos ideias de alunos de doutoramento e mestrado, bem como de professores e investigadores universitários”, cujos negócios abrangem “diversas áreas que acabam por se encaixar nos seis sectores estratégicos do Smart Hiese: agroindústria, floresta, energias limpas, produtos e serviços para turismo, tice para serviços sociais e serviços ambientais”.

Para Joaquim de Sousa, o HIESE “vem-nos demonstrar que é possível transformar dificuldades em oportunidades”, contudo “as dificuldades não terminam quando vemos este ecossistema repleto a este nível”, pois “no mundo empresarial o risco e a probabilidade de fracasso são tão elevados, que nos obriga a ter sempre a pretensão de fazer cada vez melhor com os empreendedores e empresários”.

CARINA GONÇALVES


  • Director: Lino Vinhal
  • Director-Adjunto: Luís Carlos Melo

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Armazém D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Site optimizado para as versões do Internet Explorer iguais ou superiores a 9, Google Chrome e Firefox

Powered by DIGITAL RM