20 de Junho de 2024 | Quinzenário Regional | Diário Online
PUBLICIDADE

Pombal: Mais de 200 voluntários apoiam peregrinos em 13 postos

9 de Maio 2018

O Município de Pombal apresentou hoje o dispositivo de apoio aos peregrinos que resulta do envolvimento de 22 entidades. Ao longo do percurso que atravessa o concelho, estão instalados 13 pontos de apoio onde mais de 200 voluntários estão a prestar cuidados aos milhares de pessoas que por estes dias fazem o caminho a pé até ao Santuário de Fátima.

“São 22 as instituições que este ano se comprometem no acompanhamento aos peregrinos no concelho de Pombal”, referiu o presidente da Câmara Municipal, Diogo Mateus, destacando que “esta operação tem uma dimensão grande” que garante “o acompanhamento, as informações e as questões de segurança, mas também esta boa articulação nas instalações sanitárias, na limpeza das vias, na vigilância e no acompanhamento de todo este processo, que no concelho de Pombal já tem um percurso consolidado”.

De referir que este ano estão instalados 13 pontos de apoio ao longo do percurso de aproximadamente 30 quilómetros que atravessa o concelho de Pombal, designadamente três zonas de primeiros socorros, três de descanso e de banhos, dois de acomodação e de apoio e cinco zonas para carros de apoio aos peregrinos. “A este conjunto de condições juntam-se os cerca de 3.000 peregrinos que temos espectavelmente a pernoitar em instalações municipais ao longo dos próximos dias”, frisou o autarca, adiantando que “tivemos de recorrer ao aumento da capacidade de acolhimento na Zona Desportiva de Pombal em tendas preparadas para o efeito”.

Este é o quinto ano consecutivo que o Município de Pombal disponibiliza este dispositivo de apoio aos peregrinos, que se assume como “um trabalho de grande responsabilidade cívica” que “de ano para ano tem juntado mais instituições”.

Mais segurança

“A Associação dos Caminhos de Fátima, que congrega 14 municípios desde Vila Nova de Gaia (Porto) até Ourém, procura encontrar soluções alternativas que reduzam a frequência de peregrinos ao longo do IC2 e que ao mesmo tempo aumentem o seu nível de segurança pessoal, mas também dos muitos condutores que atravessam esta via que é tão perigosa”, salientou o Diogo Mateus, recordando que “ainda estamos de luto pelos recentes mortos que resultaram da colisão de um veículo pesado com um ligeiro no cruzamento de Carnide para Vermoil”. “Isto significa que é um trabalho que não está terminado, mas que evidentemente introduz esse nível de segurança que é importante para todos”, concluiu o edil.


  • Director: Lino Vinhal
  • Director-Adjunto: Luís Carlos Melo

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Armazém D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Site optimizado para as versões do Internet Explorer iguais ou superiores a 9, Google Chrome e Firefox

Powered by DIGITAL RM