4 de Dezembro de 2022 | Quinzenário Regional | Diário Online
PUBLICIDADE

CIM Região de Coimbra cria gabinete técnico florestal intermunicipal

21 de Março 2018

O contrato de financiamento para a constituição de um gabinete técnico florestal intermunicipal no âmbito da CIM Região de Coimbra foi, hoje, assinado, em Santarém, pelo presidente daquela entidade, João Ataíde das Neves, numa sessão que contou com a presença do ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos.

O reforço da articulação e do funcionamento integrado dos gabinetes técnicos florestais municipais na sua área de intervenção é um dos objectivos da nova estrutura intermunicipal, constituída ao abrigo do Fundo Florestal Permanente.

O aumento de resiliência dos territórios, a divulgação das políticas florestais, disponibilização e difusão de informação técnica de âmbito florestal fazem parte da missão do novo gabinete da CIM Região de Coimbra, a quem compete articular e compatibilizar os instrumentos de planeamento florestal de âmbito municipal, bem como promover a transposição homogénea dos Planos Regionais de Ordenamento Florestal para os Planos Directores Municipais.

O Gabinete Técnico Intermunicipal da CIM Região de Coimbra assumirá o acompanhamento dos Planos de Defesa da Floresta Contra Incêndios, sendo, também, responsável pela identificação de unidades de planeamento e gestão das intervenções integradas de âmbito florestal à escala intermunicipal.

A produção e disponibilização de informação cartográfica e de âmbito florestal aos gabinetes técnicos florestais é outra das atribuições.

A floresta é um recurso estratégico para a economia da Região de Coimbra, contemplado como tal na Estratégia de Investigação e Inovação para uma Especialização Inteligente, e com um papel determinante que vai além da realidade económica, já que influencia a identidade cultural e assume papel relevante no combate à desertificação das zonas interiores do país e da região.

De acordo com João Ataíde, a constituição do Gabinete Técnico Florestal Intermunicipal “é mais um passo para consolidar a gestão intermunicipal da floresta e minimizar os riscos que lhe estão associados. Como verificamos este Verão os incêndios não estão confinados aos limites dos municípios pelo que urge uma gestão a outra escala”.

A CIM Região de Coimbra viu aprovada uma candidatura para a realização de fogo controlado nas áreas de maior risco de incêndio florestal.

A fileira florestal representa na região de Coimbra mais de 50 por cento das exportações sendo um dos sectores mais importantes da economia regional.


  • Director: Lino Vinhal
  • Director-Adjunto: Luís Carlos Melo

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Armazém D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Site optimizado para as versões do Internet Explorer iguais ou superiores a 9, Google Chrome e Firefox

Powered by DIGITAL RM