7 de Dezembro de 2022 | Quinzenário Regional | Diário Online
PUBLICIDADE

Câmara de Cantanhede cede espaço para actividades do projecto Arco Íris

20 de Fevereiro 2018

A Câmara Municipal de Cantanhede acaba de formalizar a cedência da loja n.º 17 do Mercado Municipal de Cantanhede à Cooperativa de Famílias e Amigos dos Jovens do Arco Íris Brilhante, no sentido de proporcionar a esta entidade um espaço para desenvolvimento do projecto Arco-Íris,  que consiste numa “resposta social não institucional de transição entre a escola e a realidade profissional vocacionada para a capacitação de jovens com epilepsia e/ou incapacidade na execução de actividades profissionais”.

O respectivo protocolo foi assinado pela presidente da autarquia, Helena Teodósio, e pela presidente da cooperativa, Ana Paula Pereira, durante um encontro em que participou também o vereador da Acção Social, Adérito Machado.

O documento estabelece que as instalações cedidas “se destinam à realização de acções relacionadas com o respectivo objecto social da entidade beneficiária”. Nos termos do acordo, a Cooperativa Arco Íris é responsável pelas iniciativas a desenvolver no âmbito das suas atribuições e finalidades, cabendo-lhe assegurar a manutenção, reparação e limpeza das instalações, bem como do espaço envolvente.

Por outro lado, a instituição suportará os encargos inerentes à utilização do imóvel, incluindo as decorrentes de contratos de fornecimento de bens e serviços, energia eléctrica, água, gás, telefone, segurança e vigilância, limpeza, seguros ou outras despesas.

A propósito do acordo, a líder do executivo camarário refere que “a Câmara Municipal está disponível para apoiar instituições de carácter social e cultural ao nível das instalações sempre que disponha de condições para isso, como acontece com a cedência da loja n.º 17 do Mercado Municipal de Cantanhede à Cooperativa de Famílias e Amigos dos Jovens do Arco Íris Brilhante, que aliás já está a ser dinamizada desde o ano passado. O que estamos a fazer é otimizar e rentabilizar o espaço em benefício de uma entidade que desenvolve uma acção de manifesto interesse público, designadamente na capacitação de jovens com dificuldades em exercerem actividades profissionais”.

Segundo Helena Teodósio, “a loja é cedida em função dos indiscutíveis méritos e do alcance social da actividade que a Arco Íris aí desenvolve com os jovens a quem presta apoio, através da comercialização daquilo que estes produzem, dinamizando assim o espaço e o próprio Mercado Municipal”.

Implementado de acordo com as orientações da EPI – Associação Portuguesa de Familiares, Amigos e Pessoas com Epilepsia, o projecto Arco Íris visa proporcionar aos jovens com dificuldades na execução de actividades profissionais um contacto prévio com diferentes tipos de realidades laborais, para que percebam as suas aptidões, motivações ou eventuais limitações, de modo a desenvolverem competências que lhes permitam aceder a uma profissão. O objectivo é, a partir da avaliação dos casos, fomentar mecanismos que permitam a sua integração ocupacional e acompanhamento em entidades parceiras, com actividades profissionais pré-estabelecidas e adaptadas às suas características e competências.


  • Director: Lino Vinhal
  • Director-Adjunto: Luís Carlos Melo

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Armazém D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Site optimizado para as versões do Internet Explorer iguais ou superiores a 9, Google Chrome e Firefox

Powered by DIGITAL RM