20 de Agosto de 2018 | Quinzenário Regional | Diário Online
PUBLICIDADE

Ministro assinala simbolismo da renovação integral de via no troço de Alfarelos

11 de Junho 2018

O ministro do Planeamento e das Infraestruturas destacou hoje o simbolismo da conclusão da renovação integral de via entre Alfarelos e Pampilhosa, na Linha do Norte, lembrando que o programa Ferrovia 2020 começou com esta obra.

“É uma obra para nós muito importante e, num certo sentido, simbólica. Começámos aqui, há cerca de dois anos o Ferrovia 2020 e hoje o programa está um pouco por toda a rede ferroviária”, disse aos jornalistas Pedro Marques, em declarações na estação de Alfarelos, concelho de Soure.

O governante frisou que o programa Ferrovia 2020 tem “a ambição de intervir em mais de metade da rede ferroviária nacional” e expressou “satisfação” pelo regresso a Alfarelos para assinalar a conclusão da primeira fase da intervenção naquele troço de 35 quilómetros em via dupla, um investimento de 30,7 milhões de euros que passou, entre outros trabalhos, pela renovação integral da superestrutura da via, alteamento e prolongamento das plataformas de embarque em três estações e cinco apeadeiros, estabilização de taludes e colocação de vedações.

Pedro Marques admitiu que a obra agora concluída “é talvez difícil de perceber pelo cidadão comum, no sentido em que o cidadão só beneficia dela pelo facto do comboio não ter de abrandar nesta parte da rede entre Alfarelos e a Pampilhosa”.

“Mas ela é uma obra de enorme significado porque aumenta muito a segurança da circulação de comboios, permite manter as velocidades de circulação no máximo possível, permite suprimir passagens de nível, portanto é uma questão de segurança e de fiabilidade para as nossas populações na rede ferroviária nacional”, adiantou o governante.

Para além das obras de requalificação projetadas ou em curso, por exemplo no troço entre Ovar e Vila Nova de Gaia, que o ministro hoje também visitou, há também intervenções de eletrificação da ferrovia e, no chamado Corredor Internacional Sul, a construção, de raiz, de cerca de 100 quilómetros de rede ferroviária “que não existiam de todo e é a maior linha nova construída nos últimos 100 anos em Portugal”, afirmou Pedro Marques.

Questionado pelos jornalistas sobre se o programa Ferrovia 2020 vai estar concluído até final de 2020, o ministro admitiu que nem todas as intervenções estarão concluídas nessa data.

“Não é realmente assim e eu não estaria a ser correto se o colocasse dessa forma. A referência a 2020 é, não só, porque as obras estarão todas no terreno até essa altura, no essencial, mas sobretudo porque tem a ver com a ligação ao [quadro comunitário] Portugal 2020. São obras financiadas pelo Portugal 2020 que têm como sua elegibilidade o financiamento até 2023”, explicou.

Deu o exemplo da intervenção no troço Alfarelos – Pampilhosa, cuja primeira fase ficou agora concluída mas que consiste em três empreitadas distintas, de execução faseada, com investimento global estimado em cerca de 90 milhões de euros.

Segundo informação da Infraestruturas de Portugal, a 2.ª fase passa pela estabilização de seis taludes, num investimento de dois milhões de euros que se encontra em fase de contratação e a 3.ª fase inclui intervenções nas estações Ferroviárias de Coimbra-B e Alfarelos e a eliminação da várias passagens de nível, um investimento estimado em 30 milhões de euros a lançar no segundo semestre de 2019.

“Há-de estar certamente em obra no ano 2020 e porventura no ano 2021. O que interessa é que as pessoas compreendam que temos estes recursos, estes dois mil milhões de euros de investimento público, dos quais, cerca de metade ou um pouco mais, com financiamento dos fundos europeus, está alocado por opção do Governo a estes investimentos concretos que estão estabelecidos no Ferrovia 2020”, argumentou o ministro.

LUSA


  • Director: Lino Vinhal
  • Director-Adjunto: Luís Carlos Melo

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Armazém D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Site optimizado para as versões do Internet Explorer iguais ou superiores a 9, Google Chrome e Firefox

Powered by DIGITAL RM