21 de Junho de 2018 | Quinzenário Regional | Diário Online
PUBLICIDADE

CIM Região de Coimbra e Junta da Galiza cooperam na protecção civil

13 de Março 2018

Conhecer e interagir com a estrutura de protecção civil, gestão e prevenção florestal da Junta da Galiza, a fim de permitir adquirir novas metodologias de preparação e intervenção possíveis de replicar no território da Região de Coimbra, é o objectivo da presença de uma comitiva da Comunidade Intermunicipal (CIM) da Região de Coimbra no país vizinho.

O director-geral de Emergências e Interior da Galiza, Luís Menor, acompanhou hoje a visita dos autarcas da Região de Coimbra às instalações da Academia Galega de Segurança Pública e ao Centro Integrado de Assistência à Emergência.

Durante a visita, a comitiva chefiada pelo líder da CIM, João Ataíde, recolheu informação sobre o funcionamento do sistema protecção civil e emergência da Galiza, bem como a resposta que esta região espanhola está a dar aos incêndios de Outubro de 2017, que também afectaram este território.

Durante a tarde de hoje, a comitiva portuguesa tem uma reunião com o Governo regional da Galiza e com a Associação de Autarcas Galegos por forma a concertar estratégias e medidas de resposta aos incêndios florestais.

Recorde-se que após os incêndios florestais de Outubro do ano passado, o Governo galego anunciou um pacote com 33 medidas de resposta à grave situação que faz parte da agenda do encontro de trabalho.

O programa da visita dos autarcas lusos dá particular atenção à recuperação de áreas ardidas, prevenção de incêndios florestais e ao conhecimento do modelo de autonomia de protecção civil da região da Galiza, num exaustivo programa de reuniões, entre outros, com María Luz Macho, sub-directora geral de Meteorologia e Alterações Climáticas e Tomás Fernández-Couto, director-geral do Ordenamento Florestal.

Inclui, ainda, encontros com o vice-presidente da Junta da Galiza, Alfonso Rueda, a conselheira do Meio Rural, Ángeles Vázquez, o director da Euroregião Galiza-Norte de Portugal, José Lago, a sub-directora da Euroregião Galiza-Norte de Portugal, Graça Marques, o administrador da Agência Galega de Emergências, Marcos Araújo, e Nava Castro, directora do Turismo da Galiza.

A visita da delegação da CIM Região de Coimbra à Galiza surge na sequência dos incêndios florestais ocorridos em 2017 e que destruíram cerca de 122.000 hectares de área florestal, sendo esta região espanhola um exemplo de boas práticas nos domínios da protecção civil, gestão e prevenção de fogos florestais.

Além do presidente da Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra e autarca da Figueira da Foz, João Ataíde, a comitiva portuguesa integra os vice-presidentes da CIM, José Carlos Alexandrino e Brito Dias, respectivamente, presidentes da Câmaras de Oliveira do Hospital e Pampilhosa da Serra, o secretário-executivo da CIM, Jorge Brito, presidentes dos Municípios de Arganil (Luís Paulo Costa), Cantanhede (Helena Teodósio), Condeixa (Nuno Moita), Góis (Lurdes Castanheira), Lousã (Luís Antunes), Mealhada (Rui Marqueiro), Mira (Raúl Almeida), Miranda do Corvo (Miguel Baptista) e Mortágua (Júlio Norte), bem como os vereadores da autarquia da Lousã, Ricardo Fernandes, de Montemor-o-Velho, Décio Matias, e Oliveira do Hospital, Teresa Dias, bem como o chefe de gabinete da presidente da Câmara de Góis, António Gonçalves, o adjunto do gabinete do presidente da Câmara de Montemor-o-Velho, Rui Santos, e o coordenador da Protecção Civil Municipal de Oliveira do Hospital, José Carlos Marques.


  • Director: Lino Vinhal
  • Director-Adjunto: Luís Carlos Melo

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Armazém D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Site optimizado para as versões do Internet Explorer iguais ou superiores a 9, Google Chrome e Firefox

Powered by DIGITAL RM