21 de Junho de 2018 | Quinzenário Regional | Diário Online
PUBLICIDADE

Ai se o IC8 fosse um banco…

11 de Abril 2018

É hora de dizer “basta”! O Itinerário Complementar 8 (IC8), no troço de perto de 30 km, entre Avelar (Ansião) e Pombal, está a transformar-se numa autêntica “estrada da morte”.

O elevado índice de sinistralidade (grave) desde há muito “reclama” que se faça alguma coisa naquela via, mas os anos vão passando, as vítimas vão-se somando, as “troikas” chegam e partem, as cativações ficam, e… nada!

Pois, todos sabemos, é a conversa do costume: não há dinheiro e por isso o assunto tem de esperar. Ai se o IC8 fosse um banco…

As três mortes em menos de duas semanas obrigam os responsáveis pela gestão e melhoria da rede rodoviária a pôr uma mão na consciência e outra a despachar uma intervenção que já ontem era urgente.

Coloquem separadores centrais, corrijam as curvas, desníveis de cruzamentos, façam o que entenderem por melhor, mas façam. Façam alguma coisa para impedir que quem circula naquela estrada, que descaradamente classificaram de Itinerário Complementar, tenha a vida em permanente risco.

Quantas mortes mais vão ser precisas?

LCM


  • Director: Lino Vinhal
  • Director-Adjunto: Luís Carlos Melo

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Armazém D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Site optimizado para as versões do Internet Explorer iguais ou superiores a 9, Google Chrome e Firefox

Powered by DIGITAL RM